Steve Martin é homenageado por conjunto da obra no cinema

Steve Martin é homenageado por conjunto da obra no cinema

Entrega do prêmio será feita em junho de 2015 em evento de gala transmitido pela TNT

REUTERS

03 de outubro de 2014 | 17h17

O ator e comediante Steve Martin foi homenageado com o prêmio 2014 Lifetime Achievement (conjunto da obra) do Instituto Americano de Cinema (AFI, na sigla em inglês), informou a organização nesta sexta-feira.

Martin, de 69 anos, irá receber a homenagem em reconhecimento por sua carreira prolífica de quatro décadas em um evento de gala em junho de 2015 que será transmitido pelo canal de televisão TNT.

"Steve Martin é um autêntico norte-americano”, disse Howard Stringer, presidente do conselho de curadores do AFI.

“Ele é uma força criativa de muitas facetas, livre de convenções ou temores. Seu trabalho é definido tão somente por ele, já que ele é seu autor – e um tesouro nacional cujo trabalho nos impactou como uma seta na cabeça”.

Martin, nascido em Waco, no Estado do Texas, e criado no sul da Califórnia, destacou-se como comediante, começando como mágico na Disneylândia até se tornar um dos roteiristas do programa de TV "The Smothers Brothers Comedy Hour" em 1969, pelo qual recebeu um prêmio Emmy, o Oscar da televisão norte-americana.

Conhecido por filmes como “O Panaca”, de 1979, “O Pai da Noiva”, de 1991, e “Doze É Demais”, de 2003, Martin recebeu um Oscar honorário por suas conquistas no ramo do entretenimento em 2013, além de apresentar a premiação três vezes.

Ele também é um pianista e tocador de banjo notável, e ganhou cinco prêmios Grammy nas categorias comédia e bluegrass.

A AFI tem o propósito de preservar a história do cinema através de programações de filmes, festivais e premiações. Entre os homenageados estão Alfred Hitchcock, Sidney Poitier, Elizabeth Taylor, Meryl Streep e mais recentemente Jane Fonda.

(Por Piya Sinha-Roy)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTESTEVEMARTIN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.