Willy Sanjuan/ AP
Willy Sanjuan/ AP

Stan Lee, lenda da Marvel, deixa sua marca no cimento de Hollywood

'Tenho sido o homem mais sortudo do mundo porque tive amigos, e ter os amigos certos é tudo'

AFP

19 Julho 2017 | 10h20

Stan Lee, cujos super-heróis da Marvel fazem parte da cultura popular há meio século, foi homenageado nesta terça-feira, 18, ao colocar suas mãos e pés no cimento do Teatro Chinês de Hollywood.

O lendário artista de 94 anos, criador de Homem-Aranha, Hulk, Homem de Ferro, Quarteto Fantástico e Thor, brincou durante a cerimônia ao dizer que, ao saber o quão bom era no mundo dos quadrinhos, "pediu um aumento" de salário.

"Tenho sido o homem mais sortudo do mundo porque tive amigos, e ter os amigos certos é tudo, pessoas com as quais você pode contar, que dirão a verdade se você perguntar algo", assinalou.

Lee homenageou emocionado a sua "maravilhosa" esposa Joan, com quem foi casado por quase 70 anos e que morreu há menos de duas semanas aos 93 anos.

Na sexta-feira passada também foi homenageado como a "lenda da Disney" - a Marvel faz parte do estúdio de animação há quase uma década - na exposição D23, realizada perto de Los Angeles, onde recebeu uma salva de palmas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.