Demian Chavez/ Reuters
Demian Chavez/ Reuters

Stan Lee é acusado de assédio sexual por enfermeiras

Um representante do artista disse que ele 'nega categoricamente as falsas acusações'

O Estado de S.Paulo

10 Janeiro 2018 | 10h23

A lenda dos quadrinhos Stan Lee, de 95 anos, recebeu diversas acusações de assédio sexual de enfermeiras que cuidam dele na sua casa em Hollywood Hills, de acordo com o DailyMail.com.

O criador da Marvel foi acusado de apalpar e assediar várias vezes um conjunto de jovens enfermeiras, pedir-lhes sexo oral e andar pela casa nu. Há um processo judicial em formulação, mas ainda não foram prestadas queixas para a polícia.

Um representante do artista disse que ele "nega categoricamente as falsas acusações", e sugere que as denúncias podem ser partes de um esquema para manchar o nome de Lee.

Stan Lee é o ex-presidente da Marvel e criador (com outros nomes) de heróis como o Homem Aranha, o Quarteto Fantástico, Homem de Ferro, X-Men e muitos outros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.