Springfields dos EUA disputam título de cidade dos Simpsons

Foi dada a largada para a batalha das Springfields: os moradores de 14 cidades com esse nome espalhadas pelos Estados Unidos disputam na terça-feira a chance de sediar a pré-estréia do filme dos Simpsons.O criador do popular seriado de animação na TV, Matt Groening, inventou que Homer, Marge e seus filhos Bart, Lisa e Maggie vivem na cidade fictícia de Springfield, depois de notar que esse era um dos nomes mais comuns de cidades americanas.Mas, durante os 18 anos de história do seriado, nunca ficou claro qual das 34 Springfields existentes nos EUA serviu de base para a versão da cidade apresentada no desenho, uma sátira do estilo de vida americano.Algumas Springfields já têm razões para ser famosas, como a de Illinois, onde Abraham Lincoln viveu, e a de Massachusetts, conhecida como berço do basquete.Mas a chance de abrigar a pré-estréia do primeiro filme dos Simpsons, no dia 26, e virar a sede dos Simpsons na vida real vem gerando toda uma nova rivalidade.Semelhanças "Sempre achamos que fôssemos a cidade dos Simpsons", disse à Reuters Tim Farley, diretor executivo do Bureau de Convenções e Visitantes de Springfield, Illinois. "As semelhanças entre o desenho e nossa Springfield são espantosas."Com população de 116 mil habitantes, a Springfield de Illinois compete pelo título com outras Springfields nos Estados do Oregon, Colorado, Nebraska, Missouri, Vermont, Michigan, Massachusetts, Nova Jersey, Ohio, Kentucky, Tennessee, Flórida e Louisiana.O vencedor será anunciado nesta terça-feira, 10, após uma votação online na qual as pessoas tiveram de escolher o vídeo que melhor representa o "espírito dos Simpsons".Muitos dos vídeos mostram semelhanças entre sua cidade e a do desenho, com personagens e acontecimentos históricos semelhantes aos do desenho.´Todos vencedores´O vídeo da Springfield de Illinois mostra Todd Renfrow, gerente da companhia de eletricidade local, cujo nariz comprido e calvície parcial lembram a do vilão dos Simpsons, Montgomery Burns, dono da usina nuclear no desenho.O produtor do filme, Michael Breeding, disse que um episódio em que Bart decapita a estátua do fundador da cidade é baseada num fato ocorrido na Springfield do Kentucky, em que uma estátua de um veterano de guerra foi depredada.A Springfield de Massachusetts conseguiu a colaboração do senador Edward Kennedy, freqüentemente satirizado no desenho e que, no vídeo, zomba do sotaque de Boston de sua família."Mas somos todos vencedores", disse Farley. "A disputa fez muitas Springfields serem bem mais populares do que antes."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.