'Spartacus' chega ao Brasil exibida apenas na internet

Apesar de viver na Roma antiga, o guerreiro Spartacus está conectado na internet. Batizada de War of the Damned, a terceira temporada da série que leva o nome do personagem chega hoje ao Brasil em alta definição, mas estará disponível apenas no site do Muu, plataforma de vídeo sob demanda para assinantes da Net e CTBC, com acesso por computadores, tablets e smartphones.

AE, Agência Estado

07 de março de 2013 | 09h57

O lançamento online foi uma manobra do +Globosat, que exibiu as temporadas anteriores, para driblar um problema contratual. O acordo de transmissão para a série inclui apenas capítulos em alta definição, porém, como o canal - antigamente chamado Globosat HD, por exibir somente programas nesse formato - passou a ter programação em standart definition ao fazer parte do pacote básico das operadoras, não foi possível exibir a atração na televisão. Os assinantes não serão cobrados para assistir, mas é preciso se cadastrar no www.muu.tv. A cada semana, um novo capítulo ficará disponível na página do Muu.

A terceira etapa da série, confirmada como a última por seus produtores, gira em torno do derradeiro embate entre Spartacus (Liam McIntyre) e o general romano Marcus Crassus (Simon Merrells), responsável por acabar com a rebelião liderada pelo ex-gladiador em busca da liberdade para os escravos.

A trama da nova fase se passa meses depois da vitória do exército rebelde de Spartacus sobre o inimigo Gaius Claudius Glaber (Craig Parker) e suas tropas. Ao lado dos generais Crixus (Manu Bennett), Gannicus (Dustin Clare) e Agron (Dan Feuerriegel), o guerreiro vence sucessivas batalhas contra os romanos. A adesão de milhares de rebeldes à causa do protagonista aumenta a preocupação em Roma.

"Nesta temporada, entraremos no aspecto de guerra do Spartacus. Já ouvi histórias de que o exército dele passou de 40 mil para 120 soldados", conta Steven S. DeKnight, produtor executivo e criador da série, inspirada em relatos reais do guerreiro, aqui chamado de Espártaco. Para o autor, o fato de a atração narrar uma história real quebra um pouco do mistério.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
sérieinternetSpartacus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.