SP recebe a moda e o design italiano

A noite, hoje, vai ser de puro glamour nos salões da Pinacoteca do Estado e nos jardins do Parque da Luz, com muita moda e design made in Italy. Para marcar a chegada da Fiera Milano, uma das mais importantes promotoras de eventos da Itália, a empresa, em parceria com a Câmara de Comércio de Milão e o Instituto Europeu de Design, vai unir roupas, móveis e objetos em um badalado auê com direito a desfile e exposição.Na passarela, uma apresentação restrita a convidados vai revelar a coleção de prêt-à-porter da La Perla, que faz seu primeiro desfile internacional. Também serão apresentados os modelos de alta-costura da Lancetti. Amanhã, serão mostradas as peças das grifes Parah Mare (moda praia) e Parah Intimo (moda íntima) e os acessórios de Alviero Martini, com sua etiqueta 1.ª Classe de bolsas, malas e marroquinerie.Na tenda, ainda estarão expostos os sapatos masculinos da tradicional Moreschi e a Lancetti aproveitará para fazer o lançamento de sua linha de perfumes. A coordenação de moda está a cargo da jornalista Cynthia Garcia e a direção-artística do evento é assinada por Pazetto. Nos domínios da Pinacoteca, a atração é a mostra Instituto Europeu de Design: 35 anos de design italiano, que tem vernissage hoje e vai até o dia 10. O curador é o filósofo, historiador e teórico da arte, design e arquitetura Aldo Colonetti. Ele também é professor de história e crítica do design da Faculdade de Arquitetura de Milão e da Academia de Arquitetura de Lugano. Produzida pelo Instituto Europeu de Design (IED), a exposição já rodou o circuito norte-americano dos institutos italianos de cultura. Foi vista em Washington, São Francisco e Vancouver, mas na formatação em que vem para o Brasil é inédita. A exposição traz relógios, móveis, objetos de design doméstico, roupas confeccionadas com material reciclável, copos, brinquedos e outras obras que traduzem o estilo que fez do design italiano o mais famoso do mundo. Jeans cult - O designer Elio Fiorucci também está por aqui e faz hoje a palestra Fiorucci 30 anos de Design, às 14h30, para estudantes pré-selecionados de moda e design. Fiorucci nasceu em 1935 e começou a trabalhar muito jovem, nos negócios de seu pai na área de sapatos, mas isso não o impediu de dedicar-se às próprias aventuras empresariais.Foi assim que começou a apresentar, a uma multidão de jovens ávidos por novidades, produtos inspirados em uma Londres cheia de festas. Em 1967 ele inaugurou , na Galleria Passarella, a primeira Fiorucci Store. Nos anos 70, a Fiorucci ganhou o mundo e tornou- se uma excelência em jeans cult.Na mostra, serão apresentados posters de campanhas da marca, aqui expostos sem o propósito comercial e publicitário original. O estilo Fiorucci é evidente: todas as imagens estão fora do contexto. As técnicas de colagem reconstituem novos e diferentes enredos; os produtos são a oportunidade para falar de estilos de vida e comportamentos, nos quais o corpo é protagonista.Outro destaque da exposição é Reciclando, mostra de vestidos feitos com materiais recicláveis criados por estudantes do 2ª ano da Escola de Moda do Instituto Europeu de Design. Os alunos juntaram idéias e criatividade para realizar uma coleção de roupas e acessórios com tapetes, cortinas rasgadas, materiais plásticos, madeira, latas, celofane, plumas e até cascas de laranja. Instituto Europeu de Design: 35 anos de design italiano. De amanhã até o dia 10, na Pinacoteca de São Paulo (Praça da Luz, 2, tel. 228-1148, das 10 às 17 h). Ingresso: R$ 5.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.