SP ganha seu museu de figurinos

A partir de domingo, às 10 horas,São Paulo terá seu primeiro museu de figurinos, com a aberturado Centro de Memória da Ópera do Theatro São Pedro - ColeçãoTemaghi, no anexo do Theatro São Pedro. Em exposição para osvisitantes, haverá cerca de 40 objetos, incluindo capas, chapéus túnicas gregas, armaduras, roupas, espadas e malhas medievais,das décadas de 10, 20 e 40. Entre as raridades, figurinos que jáforam usados por nomes como Tony Ramos, Francisco Cuoco, HebeCamargo e Irene Ravache. Com o apoio da Secretaria de Estado daCultura de SP, a idéia é perpetuar a memória da ópera, do teatroe da televisão. Trata-se apenas de uma parte do acervo total de mais de5,5 mil peças, cedido pelo antigo dono da Casa Temaghi,tradicional no ramo de aluguel de roupas e adereços para teatroe ópera. Aberta em 1919 pelo italiano Amadeu Temaghi, a lojafuncionou durante 81 anos no Brasil. Mas, por causa da crise,fechou suas portas e doou seu material histórico para o TheatroSão Pedro. "Um dia, andando perto de casa, conheci a Temaghi efiz uma parceria com a loja, que passou a me dar descontos nosfigurinos", lembra o diretor do teatro, Fernando Calvozo. A parceria durou por algumas óperas. Na realidade, até oano passado, quando veio a má notícia. Calvozo ligou para a loja em busca de trajes para a opereta de Noel Rosa, "A Noiva doCondutor". "Eles pediram para ir até a loja. Lá, o herdeiro daTemaghi me ofereceu seu acervo e pediu para cuidar dele."Calvozo planeja organizar mostras temáticas no museu, uma médiade seis a oito eventos por ano. "Temos material para mais de 40exposições." Há peças utilizáveis, mas o diretor avisa queserão de uso exclusivo das produções realizadas no Theatro SãoPedro.Serviço - Centro de Memória da Ópera do Theatro São Pedro -Coleção Temaghi. De quarta-feira a domingo, das 11 às 17 horas.Entrada franca. Theatro São Paulo. Rua Barra Funda, 139, tel.3661-6529. Até 17/5. Abertura domingo, às 10 horas, seguida daapresentação da Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo´Maestro Eleazar de Carvalho´, com regência de João MaurícioGalindo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.