SP ganha novo shopping ligado ao metrô

A cidade de São Paulo terá até o final do ano seu segundo shopping interligado a uma estação do metrô. No dia 8 de outubro está prevista a inauguração do Shopping Santa Cruz (zona sul), cuja pretensão é se transformar em um dos mais bem-sucedidos empreendimentos do setor, repetindo o sucesso do Shopping Tatuapé (zona leste), que também está integrado ao metrô e recebe em média 80 mil consumidores por dia.O shopping está sendo construído literalmente sobre a estação Santa Cruz e o acesso se dará pela parte interna do shopping. O terminal de ônibus que existia na estação foi desativado e algumas linhas realocadas para outros pontos. A idéia dos empreendedores - Construtora JHSF, a PB Empreendimentos e a Socicam substituir a fachada de concreto cinza que caracterizava a estação por uma arquitetura neoclássica. Internamente, a decoração será marcada por mosaicos e cores nos revestimentos de piso, além de utilizar iluminação natural em algumas áreas.Foram investidos R$ 45 milhões no projeto, que terá oito pavimentos, sendo três de estacionamento, com 1.200 vagas. Além dos 150 estabelecimentos comerciais e de serviços, o Santa Cruz terá 11 salas de cinema da rede Cinemark. Os empreendedores acreditam que o sucesso do shopping estará no alto fluxo de pessoas que passam pela estação - 1,14 milhão de usuários ao mês, além da população flutuante e fixa da região: 16,8 mil estudantes, 6,2 mil trabalhadores e 21 mil moradores. Destes últimos, 67% fazem parte das classes A e B, com renda superior a R$ 2,4 mil, quase o dobro da renda média familiar em São Paulo.Considerando-se a área estendida, que atinge mais oito estações (do Paraíso ao Jabaquara), os números saltam para 240 mil moradores, 65 mil empregos e 73,4 mil estudantes. A expectativa é de um faturamento mensal de R$ 14 milhões por mês e de um crescime nto anual de 5% ao ano.Tatuapé - Inaugurado há quase quatro anos, o Shopping Tatuapé foi o primeiro no Brasil a se aventurar na experiência de montar um empreendimento diretamente ligado a uma estação de metrô. Hoje, com 370 lojas e oito salas de cinema, o shopping recebe em média 36 milhões de pessoas por ano, o que comprova o sucesso de empreendimentos que têm melhor acesso dos clientes. De acordo com o consultor Marcos Romit, da Intermart Austin, o empreendimento é um dos mais bem-sucedidos do País. As salas de cinema são as de maior ocupacão de toda rede Cinemark no mundo, ficando entre 82% e 84%, e a rentabilidade das lojas é superior à media dos outros shoppings.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.