SP é o cenário de 'São Paulo 1971-2011'

A São Paulo dos hippies e dos perseguidos políticos, das strippers, dos garotos sonhadores e seus planos de formar bandas de sucesso e dos amantes de filas é a protagonista de livro bilíngue feito a oito mãos e algumas câmeras fotográficas que será lançado hoje, às 19h, na Livraria da Vila (Alameda Lorena, 1.731).

AE, Agência Estado

14 de março de 2012 | 10h12

"São Paulo 1971-2011 - História Recente, Versões Literárias e Resíduos Visuais" traz contos escritos por Luiz Ruffato, Ignácio de Loyola Brandão, Tony Bellotto e Vanessa Barbara especialmente para a obra. O Coletivo Paralaxis assina as 51 fotos.

Aos autores foi dada total liberdade para escolher o tema, mas havia uma exigência: a narrativa deveria se passar em São Paulo, ou passar pela cidade, na década indicada pelos editores. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
literaturaSão Paulo 1971-2011

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.