SP cria loteria para apoiar cultura

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, regulamenta hoje a Lei número 10.242 de março de 1999 que cria a Loteria Estadual da Cultura. De autoria do atual secretário de Estado da Cultura, Marcos Mendonça, a lei foi aprovada quando ele era deputado na Assembléia Legislativa.Ainda não está definido como vai funcionar a loteria e qual vai ser a modalidade utilizada para captar recursos para o desenvolvimento de projetos culturais, mas sabe-se que o banco Nossa Caixa vai ser o responsável pela operação. "Pode ser uma raspadinha, um bilhete de loteria, Sena, etc.", diz o secretário. "Vai depender de uma pesquisa que será feita depois da regulamentação da lei."O objetivo desse projeto é ampliar os recursos de atividades culturais como a criação, instalação e manutenção de oficinas, centros de cultura em áreas menos privilegiadas, investimento em projetos de teatro amador ou orquestras. A idéia é não só atender à região da cidade de São Paulo, mas, também, expandir o projeto para municípios do interior do Estado. Ademais, os recursos arrecadados por meio da loteria estarão mais direcionados para os projetos culturais com finalidade social. O secretário cita como exemplo o Projeto Guri, que forma orquestras infantis e juvenis nas regiões periféricas.Partindo do princípio que entre as áreas em que o governo deve investir, a cultura é a que está no último degrau, a loteria seria um ótimo meio de se arrecadar fundos para fomentar as várias iniciativas culturais que surgem.Como exemplos de sucessos, Mendonça cita as loterias de cultura promovidas na Inglaterra, na Itália e nos Estados Unidos. "Em Londres, a Loteria das Boas Causas foi responsável pela construção de museus e compras de obras de arte para seus acervos. Nos Estados Unidos, as principais universidades foram erguidas com dinheiro vindo da loteria", diz.Além de recursos para a implementação de atividades culturais, o projeto Loteria Estadual da Cultura também tem como intuito estimular a divulgação e o consumo de produtos culturais. Serão oferecidos prêmios, vales de ingressos e de CDs, por exemplo, para as pessoas que jogarem na loteria.Depois que o governador Geraldo Alckmin regulamentar a lei, um grupo será organizado pela Secretaria de Estado da Cultura e também pela Nossa Caixa para se pesquisar a melhor modalidade de loteria, os preços, as formas e pontos-de-venda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.