South Park irrita católicos por desrespeito à Virgem

Um polêmico episódio do desenho animado South Park gerou protestos e indignação na Nova Zelândia por mostrar uma estátua da Virgem Maria menstruando.O episódio chamado de Bloody Mary, gerou centenas de reclamações, uma campanha feita pelos bispos católicos pedindo o boicote ao episódio e uma tentativa de intimação judicial não foram suficientes para impedir a transmissão, na qual a estátua da Virgem Maria menstrua e respinga sangue no rosto do Papa.A rede TV Works decidiu antecipar a transmissão do desenho de maio para ontem à noite, batendo recordes de audiência, seis vezes mais alta do que a média dos outros canais.A primeira-ministra do país, Helen Clark, admitiu que não viu o programa em questão, mas que parece ser "revoltante". A primeira-ministra ressaltou que a empresa é livre para transmitir o programa, mas deveria equilibrar sua liberdade com o perigo de alienar seu público. O mesmo episódio provocou fortes reações nos Estados Unidos, quando foi ao ar. A série South Park, que existe desde 1997, gira em torno de quatro meninos em uma pequena cidade do estado americano do Colorado e freqüentemente lida com assuntos delicados, além de contar com a participação de atores famosos.

Agencia Estado,

23 de fevereiro de 2006 | 14h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.