"South American Way" vence Prêmio Shell no Rio

O musical South American Way foi o vencedor da 14ª versão carioca do Prêmio Shell de Teatro, entregue ontem, em cerimônia apresentada por Beth Goulart, melhor atriz do ano passado. A biografia de Carmem Miranda, que estréia em São Paulo em abril, levou os quatro prêmios a quefoi indicada: melhor autor para Maria Carmem Barbosa e Miguel Falabella (que faltou à festa mas foi informado de tudo pelocelular dos amigos), melhor atriz para Stella Miranda, melhor figurino para Cláudio Tovar e melhor música para a estréia em teatro de Josimar Carneiro, do grupo Água de Moringa.Apesar disso, a emoção da noite ficou por conta dos atores veteranos.Os dois premiados, Paulo Autran, por Visitando Mr. Grenn, e Milton Gonçalves, por Conduzindo Mrs. Daisy, trocaram elogios aoreceber seus troféus e o prêmio de R$ 8 mil destinado a cada vencedor, enquanto o ator Jorge Dória, o homenageado da festa,comentou que a escolha de seu nome premia todos os comediantes."Há muitos anos, deixei de ganhar outro prêmio porque era ´só um comediante´, contou Dória. "Hoje essa mentalidade mudou e o ator pode fazer comédia, drama, o que quiser." Este ano, o Prêmio Shell foi equilibrado, pois não havia favoritismos evidentes e nenhum espetáculo dominou as nove indicações. Em recado lido por Beth Goulart, os jurados explicaram que essa distribuição equânime de prêmios e indicações deveu-se à alta qualidade da temporada teatral de 2001, no Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.