Sotheby´s deve obter milhões em leilão de arte impressionista

A casa de leilões Sotheby´s anunciou na quarta-feira que espera levantar mais de R$ 416 milhões (cerca de 100 milhões de libras esterlinas) em um leilão de arte impressionista que acontecerá na próxima semana e pode tornar-se o mais lucrativo que a casa já realizou na Europa. Muitas das obras que serão postas à venda não se encontram no mercado há muitos anos. Entre os destaques do leilão marcado para a segunda-feira estão Les Deux Soeurs (As Duas Irmãs), de Pierre-Auguste Renoir, previsto para ser vendido por até R$ 33 milhões (8 milhões de libras esterlinas). O quadro vem da coleção de Charles R. Lachman, um dos sócios fundadores do império de cosméticos Revlon. O leilão, previsto para durar um dia, também vai incluir obras de Sisley, Degas, Pissarro, Duffy, Gauguin, Picasso e Monet.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.