Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Sony prepara sua primeira comédia local

CRISTINA PADIGLIONE, O Estado de S.Paulo

14 de agosto de 2013 | 02h11

Em planejamento há mais de dois anos - a primeira conversa ocorreu há quatro -, Agora, Sim! tem estreia marcada para 26 de setembro. Produção da Mixer realizada com verba de incentivo (artigo 39), a série é a primeira comédia brasileira do canal Sony. A ideia original vem do publicitário Marcello Serpa, da AlmapBBDO e, não por acaso, é abrigada no universo da propaganda. "Não é uma série para publicitário, é para o público em geral", diz à coluna o vice-presidente sênior e gerente-geral da Sony Pictures no Brasil, Alberto Niccoli. 

Segundo ele, o grupo trouxe de Los Angeles alguns profissionais que auxiliaram a equipe local a encontrar o tom da comédia ao modo Sony, canal conhecido por títulos como Seinfeld, Scrubs e Will and Grace. O elenco é encabeçado pelo novo sangue da comédia nacional, como Rodrigo Pandolfo (de Minha Mãe É Uma Peça e O Concurso), Thiago Pinheiro, Fábio Herford e Amanda Lyra.

Agora Sim! segue a rotina da Bitt Propaganda, agência de publicidade que vai de mal a pior. A solução é mudar para o endereço de frente a uma das maiores agências do País, para sugar as ideias do outro lado da rua. A criação é de Fábio Danesi, Luca Paiva Mello, Rodrigo Castilho e João Daniel Tikhomiroff, que assina também a direção-geral.

40 pontos, com 67% de share, foi o recorde de Amor à Vida, anteontem, em SP, quando Bruno/Malvino Salvador, começou a revelar a Paloma/Paolla Oliveira que encontrou a filha na caçamba de lixo.

“Comediante sai da internet, vai para TV, entra em decadência e volta para a internet. É o conhecido ciclo Rafinha Bastos”. Oscar Filho, na bancada do CQC.

Mundo da Lua, que vai e vem na programação da Cultura, voltará à tela da emissora remasterizado. De 1991, o seriado de Flávio de Souza, com Antonio Fagundes, Luciano Amaral e Gianfrancesco Guarnieri, inaugura a faixa Cultura Clássicos, feita só de reprises, a partir de setembro.

Ainda do acervo da Cultura, os causos contados por Rolando Boldrin em seu Sr. Brasil serão reeditados para serem exibidos diariamente, pela manhã, abrindo o dia.

Inglês com Música será outro título de arquivo a voltar à programação da Cultura em setembro, em versão diária. De tantas reprises, a emissora pública já pode reivindicar a condição de canal Viva da TV aberta.

Miguel Falabella retoma seu Pé na Cova, agora nas noites de terça-feira, após Tapas & Beijos, a partir de 1º de outubro. O episódio da volta, Os Miseráveis, versa sobre um furto de comida na vizinhança.

Vencedora de um Emmy, a novela Laços de Sangue, coprodução da Globo com a SIC, que a exibiu em sua rede de sinal aberto em Portugal, irá ao ar novamente naquele país pelo canal pago básico mantido pela Globo. Estreia no dia 8 de setembro, às 21 h.

Apesar da má fase, o São Paulo alavancou a audiência do portal da ESPN com sua atuação na Copa Audi, na Alemanha. No jogo de estreia, contra o supercampeão Bayern, 307 mil pessoas passaram pelo espn.com.br. No dia seguinte, quando o SPFC perdeu para a equipe italiana e o Bayern ficou com o título, 297 mil acessaram o portal.

O fim de semana que passou foi o 2º sucessivo na aproximação entre Marcos Mion e Serginho Groisman no Ibope de São Paulo. No dia 3, o Altas Horas (Globo) venceu o Legendários (Record) por 11 X 9. No dia 10, o placar se reduziu a 11 X 10 pontos e Mion emplacou 28 minutos de liderança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.