Sony lança CDs de ex-participantes do 'American Idol'

São mais de 50 milhões de cópias vendidas, 7 prêmios Grammy, 1 Oscar, 38 Billboard Music Awards e dezenas de outras estatuetas acumuladas. Para alguém que começou sua carreira tardiamente em 2002, os números impressionam. Não se trata de um Paul McCartney ou de uma Madonna, mas, sim, do fenômeno chamado American Idol. Desde 2002, o programa criado na Inglaterra no ano anterior por Simon Fuller vem criando ídolos, amealhando fãs e ganhando prêmios e mais prêmios pelo mundo. Enquanto a oitava temporada corre solta (com transmissão todo sábado e domingo pelo canal a cabo Sony), a Sony Music coloca nas lojas brasileiras quatro CDs de ex-participantes do reality show.

AE, Agencia Estado

31 de março de 2009 | 09h07

O de David Cook é o primeiro a saltar aos olhos. Cook , de 25 anos, foi o vencedor da temporada passada e, após excursionar com os outros finalistas, finalmente lançou seu primeiro trabalho por uma grande gravadora. Produzido por Rob Cavallo (Green Day, My Chemical Romance) e lançado no final do ano passado nos Estados Unidos, o disco já vendeu mais de 1 milhão de cópias.

Outra aposta é a estreia da "oscarizada" Jennifer Hudson em CD. Entre os 10 finalistas da 3ª temporada, em 2004, Hudson levou o Oscar de melhor atriz coadjuvante por sua interpretação em Dreamgirls, em 2007. Adepta do R&B praticado por cantoras como Beyonce e Mariah Carey, a jovem de 26 anos já vendeu mais de 800 mil cópias de seu debute, também lançado no final do ano passado. Junto ao lançamento, Hudson teve de encarar o assassinato de sua mãe e do irmão mais velho.

Segundo colocado da edição passada, David Archuleta veio atrelado a todo tipo de problema. O cantor de 17 anos teve uma paralisia vocal aos 11 anos e quase viu seu sonho ir garganta abaixo. Foram necessários anos de terapia vocal para que Archuleta voltasse a encarar um microfone. Não bastasse o problema de saúde, seu pai e empresário, Jeff Archuleta, foi acusado de agredi-lo moralmente antes de uma das finais.

Já Kelly Clarkson pode se apresentar pelos números que já conseguiu até o momento. Vencedora do primeiro American Idol, a texana de 26 anos já vendeu mais de 20 milhões de CDs pelo mundo, ganhou 2 Grammy e mais de 100 vezes seu nome foi lembrado para algum prêmio. As informações são do Jornal da Tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
músicatelevisãoAmerican Idol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.