''Sonháticos''

Marte ingressa em Câncer e faz trígono a Netuno; Lua cresce em Libra

Oscar Quiroga, oscar.quiroga@estadao.com.br, O Estado de S.Paulo

03 de agosto de 2011 | 00h00

Esta civilização em decadência foi inventada por nós e temos o dever de reinventá-la. O processo tem começo, meio e fim na imaginação e por isso é de extrema importância não concentrar este poder na tentativa de preservar e dar sobrevida a esta agonia do sistema, que já está longa demais. A imaginação humana precisa se concentrar em inventar um novo sistema e para isso teremos de recuperar ideais que foram parar no fundo da gaveta porque pareciam utopias. Menos pragmáticos e mais "sonháticos" se atreveu a afirmar uma voz fraca, porém firme aqui na Terra Brasilis. Nada poderia resumir melhor a necessidade atual, pois ainda que o sistema atual ganhe sobrevida, esse continua produzindo miséria e enfiando goela abaixo injustiças atrozes.

ÁRIES 21-3 a 20-4

O melhor de você é aquilo que raramente se manifesta, porque sempre há tarefas que precisam ser atendidas, ou porque as ideias que representam essas potencialidades ocultas parecem ser loucas demais para ser verdade.

TOURO 21-4 a 20-5

Pessoas que nunca se entenderam precisam criar vínculos indestrutíveis de solidariedade, pois de outro modo não haverá vencedores nas batalhas, todos serão vencidos. É tempo de realizar o inimaginável.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Você não deve correr atrás de resultados concretos de forma imediata, mas investir em objetivos que se percam na areia do tempo futuro e que, talvez, você nem venha a testemunhar de forma objetiva e presencial.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Você não precisa impor absolutamente nada, mas com a delicada firmeza de quem sente fazer o certo continuar em frente com a aventura de experimentar o que até aqui era apenas teoria. A verdade precisa ser posta em prática.

LEÃO 22-7 a 22-8

Muitas coisas nunca deveriam ter chegado ao ponto que atingiram, mas na época tudo parecia razoável. Vale a pena rever o conceito de razoável, já que agora nada do que outrora era sensato continua sendo assim.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Embarcar nessa ilusão de combinar com algumas pessoas manobras de duvidosa reputação é algo que poderia ter dado certo até algumas semanas atrás, mas que perdeu validade e se tornou ultrapassado e decadente.

LIBRA 23-9 a 22-10

Para que poupar esforço numa hora dessas? Só porque dá preguiça enfrentar tudo o necessário para seguir em frente? Certamente o panorama é complexo, mas isso é assim porque o objetivo pretendido é enorme.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Dê o seu melhor, viva como se hoje fosse o dia derradeiro e amanhã sua alma partisse para longe. Dê o seu melhor, evite cair na tentação da normalidade, essa não ajuda e também limita a necessária ação.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

É inevitável sentir uma dose enorme de desconforto ao comparar a distância que há entre os sonhos e a realidade que você conseguiu realizar até aqui. Esse desconforto deve produzir mais criatividade.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

O fervor de certas pessoas contagia e se torna exemplo de como as coisas deveriam funcionar neste tempo conturbado da humanidade. Ninguém deveria esforçar-se para andar em terreno seguro, todos deviam aventurar-se.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Ponha sua imaginação a funcionar e se atreva a experimentar tudo que ela informar. Porém, tenha sumo cuidado para não tropeçar em ilusões, pois essas são sempre produtoras de decepções. Imaginar é criar.

PEIXES 20-2 a 20-3

O impossível é perfeitamente factível nos tempos atuais. Contemple as maravilhas do Universo em funcionamento, mas para isso você precisará superar o consenso normal de tentar resolver tudo de forma pragmática.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.