Sonhar não custa nada!

Grandes coisas

TUTTY , HUMOR, O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2013 | 02h16

Da presidente Dilma, querendo

encher a bola de Guido Mantega

durante exposição do ministro

sobre o crescimento comparativo

do PIB brasileiro: "Nooossa!Tá

maior que o dos sul-coreanos, hein!"

Imagina na Copa!

Em um ano, o Brasil cresceu 7.085.828 habitantes, fora os

médicos cubanos residentes,

que só serão computados

pelo IBGE na aferição de

julho de 2014, se é que vão

ficar para a Copa!

Reforma do eleitor

Você votou em deputado que

ajudou o colega presidiário Natan

Donadon a se livrar da cassação

na Câmara? Corre na Internet a

campanha: "Pelo fim do voto

secreto também para eleitor".

Mau negócio

O consulado americano em

Brasília negou visto de entrada

nos EUA a Andressa Mendonça, mulher do Carlinhos Cachoeira. Depois reclamam que as vendas estão caindo em Miami!

Conta conjunta

A crise financeira rodou a

baiana pra cima da Daniela

Mercury: a cantora desistiu de

manter camarote próprio no

carnaval de Salvador em 2014.

Deve estar sentindo no bolso

a despesa que dá casar com

mulher! Não há Lei Rouanet

que dê conta!

Calma!

Falta ainda uma semana pro 7

de Setembro! Ou seja, o bicho

não vai pegar pra valer amanhã

ou depois. Aproveite!

Se foi tão fácil e deu tão certo no Iraque e no Afeganistão, francamente, tem tudo para ser mamão com açúcar a ação militar dos EUA na Síria.

Do jeito que são bons de mira e criteriosos na escolha dos alvos, as forças americanas de libertação logo serão recebidas com festa pelo povo sírio nas ruas de Damasco.

Bashar al-Assad rendido e seu arsenal químico apreendido serão apresentados ao mundo como troféus de uma guerra plenamente justificável e bem conduzida para banir a barbárie e restabelecer os direitos humanos numa região subjugada pela insanidade de um ditador.

Israel e o Hezbollah vão apenas observar à distância a "ação discreta e limitada" dos "bombardeios cirúrgicos" necessários para o sucesso da operação. A ONU dará, enfim, o braço a torcer: os americanos tinham razão!

Outro sonho de Obama se concretizou na quarta-feira: a primeira-dama Michelle tirou aquela franjinha ridícula para ir à cerimônia dos 50 anos de outro famoso sonho americano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.