Sommelier francês degusta 1.000 vinhos por semana

Quantos vinhos a maioria de nós podesaborear ao longo da vida? Mais de mil? Olivier Poussierdegustou sozinho esse número de vinhos ao longo de somente 10dias do mês passado. Em entrevista, Poussier admitiu que isso representa umacarga de trabalho incomum, mesmo para alguém cuja ocupaçãoconsiste em selecionar vinhos para a cadeia francesa derestaurantes de luxo Lenotre. "Normalmente, seriam cerca de 80 vinhos por semana", disseele. "Quando você degusta, consegue identificar imediatamentealguns vinhos que simplesmente não vão passar pelo teste... àsvezes sem mesmo os colocar em sua boca." A semana excepcional do sommelier começou com a tarefa dedegustar 800 vinhos para as redes de hotéis Novotel e Mercure,ambas (como a Lenotre) pertencentes ao grupo francês Accor. Emseguida, ele passou o fim de semana num comitê que avaliou 350Bordeaux e outros vinhos de 2001. Poussier também seleciona vinhos para os passageiros deprimeira classe e classe executiva da Air France. O sommelier de 43 anos, que em 2000 recebeu o título de"Melhor Sommelier do Mundo", não se deixa assustar pelo desafiode manter seu paladar em condições de acompanhar todas asúltimas novidades do mundo vinícola. "Sempre vou à fonte", contou. "Tenho a sorte de poderpassar três ou quatro dias por mês nos vinhedos, degustando osvinhos quando ainda estão nos tonéis." Quando ele começou a trabalhar no restaurante parisienseTour d'Argent, em 1982, o gosto dominante era muitoconservador. Poussain começou a testar vinhos de todo o mundo apenasquando foi trabalhar em Oxford e Londres, entre 1987 e 1989.Hoje ele viaja e compra em todo o mundo, tanto que templanejada uma grande viagem à Argentina durante a colheita dopróximo ano, em março.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.