Sob protestos Masp reelege hoje seu presidente

Os 68 sócios do Museu de Arte de São Paulo (Masp) devem se reunir, às 17 horas, para eleger a chapa que comandará a instituição nos próximos dois anos. Como a única chapa inscrita foi a presidida por Julio Neves, que há 10 anos vem se reelegendo para o mesmo cargo, é praticamente certo que ele permaneça na Presidência, apesar dos protestos - mais ou menos velados - da classe artística, descontente com os rumos do museu na atual gestão.Uma convocação largamente difundida pela internet está conclamando artistas e intelectuais a se reunirem no vão livre do museu, a partir das 15h30, para protestar contra a renomeação de Neves. O grupo que assina o manifesto lamenta que não tenha surgido uma candidatura de oposição entre aqueles que poderiam liderar uma revitalização.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.