Só para quem puder pagar

Mercado de luxo é o foco do Cidade Jardim

16 de abril de 2008 | 20h02

Está prevista para maio a inauguração do shopping que promete deixar as dasluzetes eufóricas. O Cidade Jardim está sendo erguido na medida para o gosto - e o bolso - delas. Localizado na Marginal Pinheiros, próximo à ponte Engenheiro Ari Torres, o estabelecimento faz parte do que promete ser o maior complexo imobiliário de luxo da cidade. São 80 mil m2 divididos em cinco prédios residenciais e mais quatro torres comerciais no que será chamado de Parque Cidade Jardim. Os apartamentos terão entre 240 e 1.300 m2, com preços que começam em R$ 1,5 milhão e chegam até mais de R$ 15 milhões.O shopping não será dos maiores: terá 120 lojas na primeira etapa, com a construção dos dois primeiros pavimentos , e 180 no projeto final, com o terceiro e último piso erguido. Seu projeto é inspirado no Bal Harbour Shops, de Miami, e prevê lojas de frente para jardins a céu aberto e iluminação natural.Se não pretende ser grande, o Cidade Jardim, quer ser, certamente, o mais exclusivo da cidade. A Daslu já confirmou presença e é uma das lojas-âncora. Além dela, estará lá o Empório Fasano (um supermercado gastronômico do restauranteur Rogério Fasano), uma filial da Casa do Saber e da Livraria da Vila e um spa de 2, 5 mil m2.Já reservaram seu espaço marcas como Armani, Chanel, Tiffany, Louis Vuitton e Rolex. Entre as nacionais, Carlos Miele, H.Stern, Cris Barros e Is/Bella, entre outras. Não há projeto para praça de alimentação. O Cidade Jardim terá apenas oito opções: a Lanchonete da Cidade, o Kosushie e o Nonno Rugero, do Grupo Fasano, a doceira Pati Piva, a Nespresso, a sorveteria carioca Mil Frutas, o Café Illy e a Baked Potato.Entre os serviços que os clientes encontrarão no shopping (além de pet shop, lavanderia e loja de costura, que são de praxe), destaca-se a equipe de concierges que estará à disposição para dar informações e guardar sacolas, casacos e guarda-chuvas. Os clientes que desejarem, poderão ter suas compras levadas até o carro enquanto continuam seu passeio. Uma coisa é certa: nada disto vai ser barato.O melhor do Bourbon ainda não chegouO Bourbon Pompéia (abaixo) foi inaugurado com grande estardalhaço no final de março, mas as principais atrações do empreendimento ainda estão por vir. Na parte de entretenimento, além da sala de cinema Imax, é esperada para o segundo semestre a abertura de um teatro com capacidade para 1.500 pessoas. Com fosso para orquestra, a sala poderá receber grandes musicais, como acontece hoje no Teatro Abril e no Alfa. Outra novidade esperada para depois de julho é a Livraria Cultura, que seguirá o mesmo conceito da loja da Paulista. A gastronomia do shopping ganhará os restaurantes América e Owan e a doceria Cristallo. As lojas Nôa Nôa, C.Miele, Guess e Brooksfield, entre outras, completam o cardápio.  Estação Tucuruvi ganha centro de compras São Paulo ganhará ainda este ano mais um centro de compras integrado a uma estação de metrô. Trata-se do Shopping Metrô Tucuruvi, na Zona Norte da cidade. Segundo a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), a inauguração está prevista para o próximo mês de novembro. A responsável pelo empreendimento é a administradora JHSF Shoppings, a mesma do Shopping Metrô Santa Cruz e do Cidade Jardim. O Metrô Tucuruvi terá 238 lojas, mas ainda não foram divulgados os nomes.  Outros novos shoppings previstosShopping Mooca: junho/2009Shopping Vila Olímpia: julho/2009JK Iguatemi Shopping: outubro/2009Shopping Granja Viana (Cotia): junho/2009Shopping Mogi Mirim (Mogi Mirim): outubro/2009Aruã Boulevard (Mogi das Cruzes): junho/2008

Tudo o que sabemos sobre:
Guia de Shoppings

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.