Slipknot: baixista sofreu overdose

MÚSICA-2

Afp, O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2010 | 00h00

Resultados da autópsia confirmam que o baixista da banda de metal Slipknot morreu por causa de uma overdose acidental de morfina e fentanil, um substituto sintético da morfina, segundo informou ontem a polícia de Urbandale. De acordo com os policiais, a autópsia revelou sinais de que o músico tinha uma séria doença cardíaca. Paul Gray, de 38 anos, foi encontrado morto em um quarto de hotel do subúrbio de Des Moines, no dia 25 de maio. Um funcionário do estabelecimento informou a um atendente de emergência que uma agulha foi encontrada próxima ao corpo de Gray e que também havia pílulas no quarto. /

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.