Site extraoficial faz acordo com espólio de Michael Jackson

O empresário canadense Howard Mann, que trabalhou com a mãe de Michael Jackson na produção de um livro-tributo e que manteve um site que usava a imagem e as músicas do cantor, selou na terça-feira um acordo de 2,5 milhões de dólares pela violação dos direitos autorais de Jackson, morto em 2009.

Reuters

04 de setembro de 2012 | 19h28

Howard Mann, que usava domínios como michaeljacksonsecretvault.com ("o cofre secreto de Michael Jackson") e MJgives.com ("MJ dá"), também ficou proibido de usar a imagem do cantor de "Thriller" sem a autorização do espólio dele.

As duas partes anunciaram o acordo num tribunal federal de Los Angeles, horas antes do horário marcado para o início de um julgamento que determinaria quanto Mann devia ao espólio. Em agosto, ele já havia sido considerado culpado pela violação da propriedade intelectual do cantor, e seus sites receberam ordens para sair do ar.

Os advogados do espólio disseram em nota que "o acordo parece apropriado para todos os envolvidos". Os representantes de Mann não foram localizados.

(Reportagem de Jill Serjeant)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEJACKSONSITE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.