Sinfônica e Violeiros no aniversário de Mogi das Cruzes

Na abertura das comemorações dos 451 anos da fundação de Mogi das Cruzes, um grande show vai reunir pela primeira vez no mesmo palco a Orquestra Sinfônica Jovem Fundação CSN e a Orquestra de Violeiros de Mauá. Participa ainda da festa o Coral Canarinhos do Itapety. As informações são da assessoria de imprensa do evento.

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2011 | 11h13

A Orquestra Sinfônica Jovem Fundação CSN foi formada há cinco anos por iniciativa da Fundação CSN-Companhia Siderúrgica Nacional, em Volta Redonda. Reúne 70 músicos e, sob regência do maestro Marcelo Vizani, vem se apresentando sempre com sucesso com um repertório de grandes compositores populares brasileiros. A orquestra acaba de gravar seu primeiro CD, com participações especiais de Renato Braz, Ruriá Duprat, Nelson Ayres e Dori Caymmi, com lançamento previsto para Setembro próximo.

A Orquestra de Violeiros de Mauá, que reúne mais de 60 integrantes com idades entre 15 e 80 anos, tem hoje como regente o maestro Rodrigo Hernandes. Formada em 1990, ao longo de sua trajetória de 20 anos já realizou mais de mil apresentações e gravou seis CDs, sempre com o melhor da música de raiz brasileira - como catiras e cururus, toadas e modas de viola -, tocada com violas, violões, berrante, acordeom, percussão e pios de pássaros.

O ponto alto do grande show "Sinfônica e Violeiros: Um Encontro Especial" será a apresentação conjunta das duas orquestras, sob regência de Marcelo Vizani e com a apresentação de clássicos como "Saudades de Matão" e "Tristeza do Jeca" em orquestrações especialmente criadas pelo grande compositor Edmundo Villani-Côrtes.

Serviço

Teatro Cemforpe

R. Antenor Leite da Cunha 55, Vila Nova Mogilar

Mogi das Cruzes, SP

Tel. (11) 4725-3341

Entrada franca - com doação de um brinquedo

Duração: 90 minutos

Indicação etária: livre para todas as idades

Patrocínio: Prada e CSN

Tudo o que sabemos sobre:
músicaculturaMogi das Cruzes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.