João Valério/Divulgação
João Valério/Divulgação

'Sinfonia da Metrópole' leva o teatro aos parques de SP

Três peças nascidas da observação do cotidiano da cidade chegam a 17 parques até o dia 20

Guilherme Conte, de O Estado de S. Paulo,

04 de dezembro de 2009 | 04h00

Esqueça os palcos: o teatro vai invadir (de novo) os parques paulistanos. Na prática, o projeto Sinfonia da Metrópole, da Cooperativa Paulista de Teatro, funciona como um ‘Teatro nos Parques 2’, continuação do bem-sucedido projeto anterior. Antes, boas peças de rua de 16 companhias se espalharam por 32 parques da cidade. Agora, três espetáculos criados especialmente para o projeto se alternarão em 17 parques até o dia 20.

 

A própria metrópole foi o ponto de partida para a criação das peças. Cerca de 70 pessoas, entre atores, diretores, dramaturgos e alunos-bolsistas inspiraram-se no cotidiano da cidade para o trabalho em oficinas. O coordenador João das Neves afirma que o projeto busca promover uma política pública de formação de artistas e de público.

 

Uma das peças é dirigida por ele: Movimentos Musicais Urbanos, um caleidoscópio das diferentes culturas que convivem por aqui. Bumba meu Fusca, dirigido por Ednaldo Freire, é uma sátira com raízes nordestinas sobre o sonho utópico dos migrantes. E Auto do Casal Lusitano Maria & Manuel, de Edson Caieiro, reflete sobre o legado da colonização a partir da língua portuguesa. As cores, danças e músicas do teatro popular voltam aos parques: é, afinal, onde está o povo.

 

‘Auto do Casal Lusitano Maria & Manuel’. Parque da Luz. Pça. da Luz, s/nº, 3227-3545. Sábado (5), 15h. Parque Cidade de Toronto. Av. Cardeal Motta, 84, Pirituba, 3834-3176. Dom. (6), 15h.

‘Bumba Meu Fusca’. Parque Pinheirinho d’Água. Estrada de Taipas, s/nº, Pirituba, 3928-1691. Dom. (6), 10h.

'Movimentos Musicais Urbanos’. Parque da Luz. Pça. da Luz, s/nº, 3227-3545. Sábado(5), 13h. Parque Vila do Rodeio. R. Igarapé da Bela Aurora, 342, 2555-4655. Dom. (6), 15h.

Tudo o que sabemos sobre:
sinfonia da metrópole

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.