Sincronia

Mercúrio e Plutão em oposição; a Lua míngua em Aquário

Oscar Quiroga, O Estado de S.Paulo

19 Junho 2011 | 00h00

Tudo que você repete diariamente, seja em pensamento, palavra, obra ou sentimento, se sincroniza com processos maiores e ao longo do tempo cria uma sinergia que quando se torna evidente você a chamará de destino. Por isso se fazia tanta ênfase no passado a respeito de observar o próprio comportamento ou conhecer a si mesmo, porque os hábitos se transformam no caráter de uma pessoa e o seu caráter é o seu destino. Grandes transformações podem ser postas em marcha através de pequenas mudanças nos hábitos. Assim, se você quiser superar uma fase ruim ou tiver intenção de melhorar algo em particular, insira uma mudança radical de hábitos. Seja, porém, rigoroso nessa mudança que parece ser pequena, mas através da disciplina operará o milagre que de outra forma nunca aconteceria.

ÁRIES 21-3 a 20-4

A mesquinharia é um daqueles vícios que todas as pessoas negam na teoria, mas assumem na prática. Agora, por exemplo, que grandes planos estão em marcha, continua havendo pessoas reclamando por picuinhas.

TOURO 21-4 a 20-5

Aceite os tumultos, pois ainda que perturbem, por trás desses assomam novidades que serão úteis.

Sem esses tumultos as coisas continuariam num rumo que logo mais se mostraria contraproducente. Mude seus planos.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Pareceria sensato escolher terrenos seguros e previsíveis onde buscar progresso. Porém, a sensatez logo seria sobrelevada pela certeza de que isso resultaria

em estagnação e não progresso. Faça a opção mais difícil.

CÂNCER 21-6 a 21-7

O ritmo dos acontecimentos é complexo e difícil de acompanhar, mas evoca de dentro de sua alma uma resposta que você é capaz de oferecer. É só se munir de boa vontade e, principalmente, de bastante despudor.

LEÃO 22-7 a 22-8

A necessidade de progredir é a única causa dos tumultos provocados pelas circunstâncias. Se você não quiser tumultos, então desista de progredir, acomodando-se ao mundo atual sem desejar nada novo nunca mais.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Há males que vêm para bem, reza o provérbio. Assim é, pois na verdade a alma enxerga o mal no que lhe é desconhecido, mas depois de um tempo percebe que o surgimento de fatos novos trouxe benefícios consigo.

LIBRA 23-9 a 22-10

Aproveite que o momento é propício para dar uma reviravolta nos planos em andamento. As circunstâncias novas que surgiram ajudarão você nesse sentido, a despeito de ainda se levantarem críticas e vozes opositoras.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Se por acaso se tornou impossível seus planos continuarem em andamento do jeito que foram desenhados originalmente, faça disso motivo de celebração e não de enfado. A renovação é o melhor que poderia acontecer.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Agora é o momento de demonstrar que a insensatez também rende bons frutos. Sim! Enquanto o bom senso aconselharia preservar a ordem de tudo que está em andamento, a insensatez assimilaria as novidades que acontecem.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Neste momento, o bom senso não seria de grande ajuda, pois as coisas que acontecem são tão novas que apenas uma dose bastante grande de insensatez as assimilaria e lhes daria lugar. Aproveite a loucura alheia nesse sentido.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

O medo de perder o controle terá de ser substituído pelo espírito de aventura que dá a bem-vinda ao que de novo anda acontecendo por aí. Sem essa substituição você se arrisca a deixar passar boas oportunidades.

PEIXES 20-2 a 20-3

Seria impossível construir um mundo novo carregando para dentro dele o antigo, já em estado avançado de decadência. Os fatos novos que assomam no horizonte ajudarão a superar a decadência e instaurar o futuro ideal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.