Divulgação
Divulgação

'Simplesmente Eu, Clarice Lispector' volta a SP

Monólogo rendeu à atriz Beth Goulart o Prêmio Shell da categoria, no Rio

17 de setembro de 2010 | 06h00

Beth Goulart ganhou o Prêmio Shell de melhor atriz do Rio por este monólogo que já passou por São Paulo, mas felizmente agora volta com mais fôlego ainda ao Teatro Renaissance. Simplesmente Eu, Clarice Lispector, escrito, dirigido e interpretado por Beth, parte de mulheres de diferentes obras da grande autora para falar da mulher Clarice e seus amores, do carnal ao maternal.

 

Por ocasião da temporada paulistana anterior, escreveu o crítico e colaborador do Estado, César Augusto: "É uma peça construída a partir do embate entre as pulsões, e não da causalidade de uma possível crônica sobre a artista e seus personagens. Beth dispõe os fragmentos do texto de forma a privilegiar as sensações, fazendo com que a sequência textual surja como resultado de um impulso interno, como nas palavras de Clarice: ‘Uns cosem para fora, eu coso para dentro.’Assim, é que Beth Goulart parece mergulhar verticalmente nos interstícios, nos espaços vazios das palavras de Clarice."

 

Simplesmente Eu, Clarice Lispector - Teatro Renaissance. Al. Santos, 2.233, tel. 3069-2286. Sexta às 21h30, sábado às 21h e domingo às 19h. R$ 50,00 a R$ 60,00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.