Sidney Magal entra no elenco de "Da Cor do Pecado"

Já o definiram como um misto de Elvis Presley com Odair José. Talvez tenha mais a ver com o ídolo norte-americano. Popular, bom de requebrado e dono de uma voz poderosa, Sidney Magal volta a encarnar seu lado ator, tão bem explorado por Elvis. A partir de quarta-feira, o cantor começa a gravar sua participação na novela Da Cor do Pecado, da Rede Globo. Na pele de Frazão, um ex-surfista e ex-lutador, ele será namorado de Edilásia Sardinha, a Mamuschka, vivida pela atriz Rosi Campos. A participação surgiu após uma série de coincidências. Denise Sarraceni, diretora do núcleo que produz a novela, assistiu ao filme O Caminho das Nuvens, no qual Sidney Magal vive o personagem Panamá. Achou que o cantor se encaixava no tipo físico que o papel exigia (Magal tem 1,90m) e fez o convite na semana passada. Em mais um golpe de sorte, ele estaria na emissora para gravar participação na série A Diarista, o que facilitou o contato. O próprio papel no filme que inspirou Sarraceni veio por acaso. O diretor Vicente Amorim sonhou com Magal fazendo o personagem e telefonou para o produtor Luiz Carlos Barreto, que aprovou a idéia. Na novela, entretanto, a presença de Sidney Magal não ficará restrita a alguns episódios. "Eu vou até o fim, como um amor antigo que reaparece na vida da Rosi Campos", conta Magal. Mesmo sendo do Rio de Janeiro, ele precisará de um dublê para as cenas de surfe, atividade com a qual não tem intimidade. "Nunca me liguei em surfar. Mas a Rosi Campos me disse que não tem problema, ela tem várias cenas de luta na novela e nunca deu um soco", explica o cantor, que no enredo também deve trocar sopapos fictícios com os irmãos Sardinha. O visual de Frazão ainda não foi definido. Por entrar no núcleo cômico da novela, deve ser algo colorido e chamativo, bem ao gosto do cantor. "Assim como o personagem da Rosi, vou me inspirar nos gibis", afirma. "A gente vai ter muita liberdade para criar e improvisar em cena".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.