Shows, festas e feiras espantam o clima de 'isolamento' de SP

Aos apavorados com a gripe suína, um cardápio de atividades ao ar livre para este fim de semana

Tatiana Piva, de O Estado de S. Paulo,

14 de agosto de 2009 | 12h09

Em ‘anticlima’ de gripe suína, os parques e ruas de São Paulo garantem uma programação bem atrativa para os que temem lugares fechados, com muita música, artes plásticas e gastronomia.

 

As ruas da Vila Madalena recebem sua 32ª Feira no domingo, 16, com palcos para música e cerca de 480 expositores de arte, decoração e bijuterias. O evento terá neste ano praça de alimentação e um espaço para desfiles de roupas e bijuterias feitas pelos próprios expositores, criado para incentivar os estudantes de moda.

 

O tema será Vila Legal, já que o bairro enfrenta problemas de legalização de bares e ateliês. Segundo Vângela Velozo, 38 anos, que está à frente da organização do evento há 22 anos, cerca de 90% do comércio da Vila não tem os documentos necessários. "Escolhemos esse nome por causa da legalização do comércio, mas também porque queremos mostrar às pessoas que somos um povo legal", diz Vângela. Um palco será dedicado à música instrumental, no qual cinco bandas do Projeto Elefantes se apresentarão.

 

Outros eventos também garantem trilha sonora ao ar livre. Para abrir a agenda do Bourbon Street Fest 2009, shows estão marcados para este sábado, 15, no portão 10 do Parque Ibirapuera. Se apresentarão, a partir das 16h, Glen David Andrews, Marcia Ball e Kurt Brunus Project. A banda brasileira Dixie Square Jazz Band já está passando pelas principais ruas e pontos culturais, em uma espécie de caminhão-palco para divulgar toda a programação. "Nos inspiramos naquilo que muito se faz no interior, essa ideia de trio elétrico, de levar a música andando", diz Edgard Radesca, 62 anos, diretor do Bourbon.

 

O evento terá uma semana de duração e contará com shows no palco do Bourbon Street Music Club, culinárias diferenciadas e workshops na favela Heliópolis.

 

Aos fãs de música instrumental, a atração é o pianista argentino Pablo Ziegler, que participa do projeto Piano na Praça, na Praça Dom José Gaspar, no Centro, a partir das 15 horas do sábado. Famoso por atuar 10 anos no quinteto de Astor Piazzolla, um dos compositores de tango mais importante da segunda metade do século 20, Ziegler se apresentará no projeto que traz pianistas de expressão nacional e internacional.

 

O brasileiro que tocará antes dele é o pianista cuiabano Pedro Calhao, 29 anos. Nascido em lar de músicos, ele ouve ópera, MPB e tango desde os cinco anos. "É a primeira vez que tocarei com Pablo, estou estusiasmadíssimo", diz Calhao.

 

O bairro do Bexiga tem animação garantida até 30 de agosto com a festa de Nossa Senhora Achiropita. A culinária italiana é uma das grandes atrações do evento, que chegou a reunir mais de 200 mil pessoas em edições passadas, segundo o presidente da festa, Walter Taverna. "Essa festa é importante para os fieis e para todos que se envolvem e colaboram", diz. O visitante pode saborear macarronadas, fogazzas, polentas, peperoni e pizzas. Além de bons vinhos, chopes e refrigerantes.

 

Divirta-se

 

Piano na Praça

Quando: Sábado, 15, a partir das 15 horas

Onde: Praça Dom José Gaspar, s/nº Tel: 3397-0160

 

32ª Feira da Vila Madalena

Quando: Domingo, 16, das 8 às 18 horas

Onde: Entre as Ruas Fradique Coutinho e Wisard, Tel: 3813-2954

 

Bourbon Street Fest 2009

Quando: De sábado, 15, a 23 de agosto

Onde: Ibirapuera (apenas no sábado) e Rua dos Chanés, 127, Moema (demais dias). Tel: 5095-6100.

 

Festa da Nossa Senhora Achiropita

Quando: Sábado, 15, das 18 às 24 horas e domingo, das 18 às 23 horas até 30 de agosto

Onde: Trecho da Rua Conselheiro Carrão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.