Show no Rio marca 60 anos de carreira de Dominguinhos

O show é instrumental, mas ?quem cismar de cantar, que cante?. O recado é de Dominguinhos, que comemora 60 anos de carreira em apresentações hoje e amanhã, no Rio, com participações dos músicos Wagner Tiso, Gilson Peranzzetta, Yamandu Costa e Arthur Maia. Os shows vão acontecer no teatro da Caixa Cultural, no centro.

AE, Agencia Estado

26 de agosto de 2009 | 08h48

No repertório, "Eu Só Quero Um Xodó", "De Volta Pro Aconchego", "Isso Aqui Tá Bom Demais", "Gostoso Demais", "Lamento Sertanejo" e "Tenho Sede", sucessos de toda a vida, com parceiros como Anastácia, Nando Cordel e Gilberto Gil. Mas também temas desconhecidos - choros, baiões e xotes que ele compôs há 30 anos, sendo algumas homenagens, como a Jackson do Pandeiro e aos zabumbeiros Miudinho e Zé Pequeno.

O show faz parte do projeto Iluminado, de Zé Américo Bastos, o arranjador de discos de Elba Ramalho, principal voz feminina das canções de Dominguinhos. Na ocasião, serão gravados um CD e um DVD. A ideia vem de alguns anos, mas só foi viabilizada depois de fechado o patrocínio da Caixa Econômica Federal, via Lei Rouanet. O teatro da Caixa Cultural fica na Av. Almirante Barroso, 25. Os shows são às 19h30 e o ingresso custa R$ 20 (meia a R$ 10). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
músicaDominguinhosRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.