Divulgação
Divulgação

Show em SP encerra turnê do Black Eyed Peas no País

Desde 15 de outubro no Brasil, a banda Black Eyed Peas chega, enfim, a São Paulo. Na última apresentação em solo brasileiro, o grupo, criado em Los Angeles (EUA) e formado por Fergie, Will.i.am, Apl.de.ap e Taboo, embala hoje o público paulista, no estádio do Morumbi. A apresentação, com ares futuristas, terá o mesmo set list que passou por Fortaleza, Recife, Salvador, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Florianópolis. Entre os sucessos, estarão Started, Rock That Body, I Gotta Feeling e Meet me Halfway.

AE, Agência Estado

04 de novembro de 2010 | 09h02

Mas o show também deve ter espaço para improvisações. No Ceará, por exemplo, a surpresa foi o Rap das Armas, hit do filme "Tropa de Elite". E no que depender do grupo, principalmente do líder da banda, Will.i.am, a turnê mundial The E.N.D (Energy never Dies) deve ter encerramento no País com muitas declarações de amor ao povo brasileiro. Afinal, desde 2006, quando o grupo esteve em São Paulo com a excursão mundial Monkey Business, Will.i.am tem repetido que gostaria de morar no Brasil e gravar um CD com amigos daqui. Entre eles, Carlinhos Brown, Marcelo D2 e Sérgio Mendes, com quem o grupo gravou a música Mais que Nada.

Veja também:

som Playlist com sucessos do grupo

No palco do Rio de Janeiro - onde se apresentaram no último dia 24 -, os integrantes do grupo mostraram paixão pelo samba e futebol, marcada pela participação de Jorge Ben Jor. No palco da Praça da Apoteose, cantaram Chove Chuva. Dessa festa para 30 mil cariocas, o Black Eyed Peas seguiu para um show fechado, na boate Baronetti, na zona sul do Rio. Celebridades, como a cantora Claudia Leitte e o ator Marcos Pasquim marcaram presença.

Aqui em São Paulo, o agito terá início com um show de abertura do DJ francês David Guetta. Em 2009, foi Guetta quem produziu para a banda a canção I Gotta Feeling. Ainda entre as parcerias, remixou o hit Boom Boom Pow, que originou Boom Boom Guetta e Boom Boom Wow. A escolha do colega DJ é bem compatível ao resto do show-balada, marcado por batidas eletrônicas, efeitos pirotécnicos e números grandiosos. Entre eles, quatro elevadores que foram usados por Michael Jackson, 33 bolas de espelho, 300 refletores, oito projetores de vídeo e 22 carros da Audi para transportar as estrelas do grupo e a equipe.

O cenário generoso dos artistas, seis vezes vencedores do Grammy, faz jus aos números do álbum The E.N.D, que já vendeu mais de 2,6 milhões de cópias só nos Estados Unidos, e 7,3 milhões em todo o mundo. Se não bastasse, há 60 semanas a banda está na lista da Billboard TOP 200 e I Gotta Feeling é a primeira música a atingir a marca de 6 milhões de downloads digitais na história da SoundScan. Quem não garantiu o ingresso para essa apresentação que deve entrar para a história dos mega shows de São Paulo, ainda há tempo. Os preços vão de R$ 140 a R$ 500. Mas os setores Pista Golden, Pista Premium - os mais caros - Arquibancada Laranja - área mais barata - já estão esgotados (informações no site www.livepass.com.br). As informações são do Jornal da Tarde.

Black Eyed Peas - Estádio do Morumbi (Pça. Roberto Gomes Pedrosa, 1, portão principal). Tel. (011) 4003-1527. Hoje, às 22h. De R$ 140 a R$ 500. 14 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
músicaBlack Eyed PeasMorumbi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.