Show de vedetes e casamentos, atrações de Belíssima

Claro que o suspense em torno do vilão que comanda o golpe contra Júlia (Glória Pires) e persegue Vitória (Cláudia Abreu) e ainda a questão de quem será o filho ou a filha de Bia (Fernanda Montenegro) e Murat (Lima Duarte) dominam os capítulos finais de Belíssima, a novela das nove de Silvio de Abreu que eleva aos céus o ibope da Rede Globo no horário. Enquete do portal Estadao.com.br sobre o final de Belíssima já conta com 6.300 participantes.Mas até lá, outros bons e belos momentos aguardam o telespectador. Nesta quinta-feira vai ao ar o tão esperado show das hilárias vedetes Mary (Carmen Verônica) e Guida (Íris Bruzzi), dirigido por Carlos Manga, um grande nome na história das chanchadas brasileiras que fizeram o sucesso do cinema nacional nos anos 50, nos tempos da Atlântida (Rio) e da Vera Cruz (São Paulo), produtoras cinematográficas que deram ao País um pouco do glamour de Hollywood naquela época.O carioca Carlos Manga, nascido em 1928 foi levado para a Atlântica pelo ator Cyll Farney, que era um dos galãs da época e dirigiu clássicos como Nem Sansão Nem Dalila (1954), Matar ou Correr (1954), De Vento em Popa (1957) e O Homem do Sputnik (1958). Nos anos 60, com o declínio das chanchadas, Manga foi para a televisão e reinou nos musicais e humorísticos da TV Rio, antiga Excelsior e TV Record.Bom, mas no grande show das vedetes, a loira Guida aproveita para se casar no palco com o japonês Takae e Mary, por sua vez, convida Djulian (Giácomo Pinotti) para viver com ela em seu apartamento, proposta que ele aceita todo feliz, segundo resumo publicado pela revista Tititi.(confira fotos)E ainda haverá aquela cena tradicionalíssima de todo fim de capítulo: o casamento. Na sexta-feira, um dos grandes momentos do último capítulo será o enlace entre Narciso (Vladimir Brichta) e Taís (Maria Flor), que se casam na sexta, com direito a festa com boa parte do elenco. (confira fotos)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.