Shane invade o cinema de sombras

Muito antes de interpretar o lendário Shane, no western clássico Os Brutos também Amam, de George Stevens, Alan Ladd já fizera diversos filmes de ação, freqüentando o gênero (ou estilo) chamado de film noir. O ciclo do Telecine Classic lembra o ator por meio de dois filmes. Em ambos ele forma dupla com Veronica Lake, a mulher do penteado que tapava um olho. Hoje, às 22 horas, passa Alma Torturada, de Frank Tuttle, de 1942, com Ladd como pistoleiro que procura homem que o traiu, para um ajuste de contas. No domingo, também às 22 horas, a atração é A Dália Azul, de George Marshall, de 1946, com roteiro de Raymond Chandler, sobre militar que volta para casa e descobre a traição da mulher. Veronica é uma bela mulher fatal, essa personagem emblemática do film noir. Os dois filmes inscrevem-se na tendência que o especialista A.C. Gomes de Mattos chama de film noir impuros. E o segundo, embora interessante, não tem o tom angustiante que se podia esperar de um script de Chandler.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.