Shakira elogia políticas chilenas de proteção à infância

A cantora colombiana Shakira, representante da Fundação ALAS para a luta contra a pobreza na América Latina, elogiou no domingo as políticas do Chile para a proteção dos direitos básicos das crianças.

REUTERS

29 de novembro de 2009 | 20h14

A artista e a presidente do Chile, Michelle Bachelet, se reuniram antes do início da 19a. Cúpula Iberoamericana em Portugal, que discute a necessidade de investir na inovação e no conhecimento para fomentar um crescimento sustentável.

A Fundação América Latina em Ação Solidária (ALAS) - concebida por Shakira e apadrinhada pelo escritor colombiano Gabriel García Márquez, entre outros - busca uma cobertura universal de educação, saúde e nutrição das crianças latino-americanas de até seis anos.

"O modelo do Chile de Bachelet é um verdadeiro exemplo, já que tem os mais altos indicadores de investimento na primeira infância", disse Shakira depois da reunião.

"As crianças de zero a seis anos são a população mais vulnerável da América Latina e na América Latina há 35 milhões de crianças sem nenhuma proteção do Estado", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
GENTESHAKIRACHILE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.