Sesc lança livro com coletânea de textos de Kantor

Livro reúne manifestos, ensaios, entrevistas e artigos organizados de acordo com as fases de seu trabalho

AE, Agencia Estado

29 de outubro de 2009 | 11h02

Quem se interessa por teatro certamente já ouviu falar do polonês Tadeusz Kantor (1915-1990), artista que migrou das artes visuais para as cênicas, em 1942, e deu início a um questionamento radical do conceito de representação. O Sesc Pinheiros, em São Paulo, será palco, hoje à noite, de evento importante tanto para os que já conhecem bem a obra desse encenador, quanto para quem sabe pouco sobre sua contribuição à cena contemporânea.

Publicado em parceria pela Perspectiva e pelo Sesc-São Paulo, "O Teatro da Morte" é um livro não ?sobre? Tadeusz Kantor, mas coletânea de textos por ele escritos, organizados por Denis Bablet, que permitem ao leitor conhecer suas ideias sobre a arte da representação. Para os interessados, Isa Kopelman, a tradutora do volume, pesquisadora da Unicamp e profunda conhecedora da linguagem original desse encenador, faz no lançamento de hoje uma palestra sobre o universo criador desse artista que buscou uma arte autônoma.

O livro reúne manifestos, ensaios, entrevistas e artigos organizados de acordo com as fases de seu trabalho. Traz ainda ?partituras? de performances, com descrição de ação, e ainda 22 ilustrações e 42 fotos p&b de cenas e happenings promovidos por Kantor. O volume será vendido com 30% de desconto nesta noite de lançamento. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Teatro da Morte. De Tadeusz Kantor. Sesc SP/ Editora Perspectiva. 276 pág. R$ 50. Sesc Pinheiros. Rua Paes Leme, 195. Tel. (011) 3095-9400. Hoje, 20h.

Tudo o que sabemos sobre:
teatroTadeusz Kantor

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.