Denise Andrade/ Estadão - 25/9/2019
Denise Andrade/ Estadão - 25/9/2019

Série 'Diálogos Itaú Cultural' começa com Danilo Santos de Miranda como primeiro convidado

Apresentado por Eduardo Saron, projeto pode ser conferido no site, no Facebook e no YouTube da instituição, a partir das 17h desta quarta-feira, 27

Eliana Silva de Souza, O Estado de S.Paulo

27 de maio de 2020 | 11h24

Em meio a crise causada pela pandemia de coronavírus, o setor de cultura foi um dos primeiros a sentir as consequências - afinal, a prioridade é colocar comida na mesa. Mas há a necessidade de se discutir o setor, pois os trabalhadores e desenvolvedores culturais também precisam comer. Pensando em como estimular a área, procurando ideias e projetos de incentivo, começa nesta quarta, 27, às 17h, a série Diálogos Itaú Cultural, que pode ser conferida no site, no Facebook e no YouTube da instituição.

Comandadas por Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural, as conversas serão semanais e incluirá gestores e pessoas da área de cultura. Neste primeiro episódio, destaque para a conversa ao vivo com Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc de São Paulo. Os encontros seguintes serão gravados e contarão com dois convidados, o que já poderá ser visto no dia 3 de junho, com o bate-papo entre Saron e suas convidadas Fernanda Feitosa, da SP-Arte, e Adriana Barbosa, organizadora da Feira Preta. 

Nas conversas seguintes, estarão presentes o diretor, produtor e dramaturgo Jô Santana e Monique Cardoso, que dirige o Festival de Artes Cênicas do Ceará; Ricardo Piquet, do Museu de Língua Portuguesa, de São Paulo, e do Paço do Frevo, em Recife, mais Antonio Grassi, dirigente do Instituto Inhotim; Eliana Sousa, fundadora e diretora da Redes da Maré, e Sérgio Vaz, criador da Cooperifa.

O objetivo do projeto é exatamente fomentar o debate sobre os desafios que o segmento enfrenta no atual cenário de isolamento social. Além disso, o público conhecerá um pouco melhor os convidados e de suas atividades profissionais. Os encontros seguem até o dia 19 de agosto e terá encerramento com outra live, agora com a historiadora, antropóloga, pesquisadora e escritora Lilia Schwarcz.

"Neste tempo de pandemia, onde choramos a perda de vidas e vemos a ampliação da desigualdade, muitas dúvidas e aflições também impactam o setor cultural. Nós fomos os primeiros a parar e, provavelmente, seremos dos últimos a voltar por completo. Esses encontros serão relevantes para gerar perguntas e reflexões de modo a encontrar boas respostas para enfrentarmos não somente este momento como também a nova realidade singular com a qual nos defrontaremos e, sobretudo, como podemos ajudar a construí-la. Arte e cultura transformam pessoas e ajudam a desenvolver uma nação. Seremos ainda mais necessários, pois, ao meu ver, precisaremos de um novo significado para o humanismo", afirma Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural.

SERVIÇO

Diálogos Itaú Cultural

Todas as quarta-feiras, a partir das 17h

www.itaucultural.org.br

www.facebook.com/itaucultural 

www.youtube.com/itaucultural 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.