Seriado terá episódio especial sobre os atentados

Enquanto as emissoras de TV americanasfazem de tudo para modificar os episódios gravados de seusseriados e evitar referências ao terrorismo, a Osama bin Laden,ao World Trade Center e muito mais, a NBC resolveu apostar em umepisódio especial de The West Wing sobre os atentadosterroristas de 11 de setembro. A série sobre os bastidores daCasa Branca vai começar sua nova temporada em 3 de outubro comum programa sobre o assunto.O criador do seriado, Aaron Sorkin, anunciou que oepisódio especial vai ter o título de Isaac and Ishmael. Eledisse que quer confrontar os acontecimentos e encorajar atolerância a outras culturas e idéias. O produtor John Wellsafirmou que "não é possível que a gente não leve emconta o que aconteceu". Para a NBC, o programa vai lidar com"algumas das questões que o mundo discute" depois dos ataquesterroristas, mas o comunicado da emissora não dá nenhumainformação sobre a história do episódio. "Ele é um escritorbrilhante e tem muita coisa para dizer", afirmou o presidenteda emissora, Jeff Zucker. O episódio original de estréia da terceira temporada doshow vai ao ar em 10 de outubro. Manchester Part I vai lidarcom a decisão do presidente Josiah Bartlet (Martin Sheen) deconcorrer ou não à reeleição. Ele também tem de anunciar ao paísque sofre de esclerose múltipla. The West Wing concorre em 7de outubro a 18 Emmys, o Oscar da TV americana. No elenco dasérie também estão John Spencer, Bradley Whitford, Rob Lowe,Richard Schiff, Allison Janney, Dulé Hill, Janel Moloney eStockard Channing.The West Wing é o único seriado até agora que vaitocar no tema. Em The Agency, um novo programa da CBS sobrea Agência Central de Inteligência (CIA), o episódio de estréiafoi engavetado, porque tratava justamente de um atentadoterrorista (uma bomba em um prédio de Londres) e tinhareferências a Osama bin Laden. Outro episódio já gravado vai serexibido na estréia, no dia 27. Em The Agency, Gil Bellowsfaz o papel de um agente secreto do alto escalão da CIA. A novasérie é considerada a que retrata melhor o trabalho daorganização.A Fox resolveu apostar que tudo vai estar calmo na datade estréia de 24, um dos seriados mais aguardados destatemporada, em 6 de novembro. Em 24, Kiefer Sutherland é umagente secreto da CIA que pretende deter um assassinato políticoao mesmo tempo em que tenta encontrar sua filha, que estádesaparecida. O episódio de estréia tem a explosão de uma bombaem um avião. Segundo a Fox, a trama vai ser mantida, até porqueos 24 episódios desta temporada estão ligados à mesma história.Cada um deles corresponde a 1 hora de ação em uma trama de 24horas.A NBC não acha que o tempo será remédio para o temaespecial de cinco episódios de Lei & Ordem. A sérieTerror, que seria exibida em maio do ano que vem, foicancelada. Os programas eram sobre um ataque de bio-terrorismo aNova York. O especial começaria como um Lei & Ordem especialde duas horas de duração e depois faria parte das tramas deLei & Ordem: Unidade de Vítimas Especiais e do novo show dafranquia, Law & Order: Criminal Intent. Lei & Ordem:Unidade de Vítimas Especiais, por sua vez, teve seus créditosde abertura editados para retirar uma cena em que aparecia oWorld Trade Center.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.