EFE/Igor Kharitonov
EFE/Igor Kharitonov

'Ser mãe é a melhor coisa que me aconteceu na vida', afirma Penélope Cruz

Leo, filho da atriz e do ator Javier Bardem, nasceu em janeiro deste ano

Efe,

11 de maio de 2011 | 12h58

Paris.- A atriz Penélope Cruz afirmou em entrevista concedida à revista francesa Gala que ser mãe é a melhor coisa que aconteceu em sua vida, um sentimento "tão profundo" que não encontra palavras para descrevê-lo.

"Não quero entrar em detalhes sobre minha vida particular, mas não tenho nenhum problema em dizer até que ponto estou contente de ter me tornado mãe", afirmou a atriz, que deu à luz em janeiro.

Penélope, que volta este ano ao Festival de Cannes para apresentar Piratas do Caribe 4, revelou que seu filho, Leo, viverá dividido entre a cultura espanhola e a americana, visto que ela e Javier Bardem passam uma parte do ano na Espanha e a outra em Los Angeles, e por isso "será bilíngue".

A atriz afirmou que comemorar seu primeiro "Dia das Mães" foi "um pouco estranho", porque até o momento era ela quem "enviava flores" para sua mãe e quem ligava para "agradecer tudo o que fez" pela família.

Além disso, Penélope aproveitou a entrevista para "esclarecer" o público sobre a quantidade de reportagens "loucas" que foram escritas sobre como recuperou a forma depois do parto, revelando que "seguiu um regime mediterrâneo, mas à base de boa comida calórica".

"Gosta demais da cozinha espanhola e da italiana. Tentei comer bem, mas nem sempre consigo", disse a atriz, segundo a qual outro de seus segredos de beleza é contar com duas pessoas para ajudá-la "permanentemente" com o bebê, e que a permite dormir após um longo dia de trabalho. EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.