Sequestrador de cão exige US$350 mil de resgate na Colômbia

Um sequestrador colombiano exigiu 350mil dólares para devolver uma pastor alemão levado de umafamília rica em Bogotá, mandando inclusive como prova de vidaum vídeo e um bilhete que dizia "É assim que seu cachorro choraà noite". Uma unidade anti-extorsão da polícia, usada para rastrearvítimas humanas na capital mundial dos sequestros, foi colocadano caso de Aldo de Fescol, o cão capturado no mês passado. Os sequestradores aparentemente burlaram os sistema desegurança onde Aldo vivia, dando em seguida um tranquilizanteao animal e saindo com ele quando a família não estava em casa. "Eles não levaram mais nada. Eles foram direto nocachorro", informou a polícia. O sequestro é um grande negócio na Colômbia, onde osnarcotraficantes lutam há quatro décadas. Mais de 3 milcolombianos estão atualmente em cativeiro, a maioriasequestrada por guerrilhas. (Por Hugh Bronstein)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.