Sempre tão musical, brasil tá mudo

Até hoje, todo mundo sabe cantar a música da Copa de 58 (A taça do mundo é nossa/Com o brasileiro/Não há quem possa) ou a música da Copa de 70 (Pra Frente Brasil). Em 1976, Jorge Ben Jor compôs Camisa 10 da Gávea em homenagem a Zico. Em 1982, fez sucesso Voa canarinho (Memeco e Nonô), gravada pelo lateral esquerdo Júnior. No pentacampeonato, na Copa de 2002, o hit era Ivete Sangalo (foto), com sua indefectível Sorte Grande. Era "Poeeeeira" em todo lugar. Com a concentração militar de Dunga em 2010, até agora não pintou refrão tão contagioso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.