Semana reúne escritores de diferentes gerações

A programação desta semana do Sesc Consolação está voltada à literatura. Até sábado, o evento Marco Literário vai realizar debates, oficinas e intervenções literárias. O destaque da programação é o Encontro a Quatro Mãos, uma série de encontros inéditos entre escritores de gerações e estilos diferentes.Hoje, Antonio Prata, filho do escritor Mário Prata e autor de O Inferno Atrás da Pia, se encontra com o escritor Xico Sá, autor de Divina Comédia da Fama. Amanhã, a escritora gaúcha, criadora do blog BrazileiraPreta, Clarah Averbuck, encontra a paulistana Márcia Denser (Diana Caçadora), cujos escritos a apelidaram, durante os anos 80, de a musa dark da literatura brasileira. Na mesma noite, Marcelo Mirisola (O Azul do Filho Morto) encontra Reinaldo Moraes, autor do romance cult Tanto Faz, um marco da literatura dos anos 80. Na quinta-feira, Joça Reiners Terron, autor de Curva de Rio Sujo, encontra pela primeira vez o amazonense Milton Hatoum, um dos principais nomes da literatura contemporânea, autor de Relato de um Certo Oriente e Dois Irmãos. No último dia, Luiz Ruffato, autor do premiado romance Eles Eram Muitos Cavalos conversa com Evandro Affonso Ferreira, autor dos romances Araã! e Erefuê.Há ainda duas oficinas; uma de criação literária com o escritor Nelson de Oliveira e outra chamada Desbloqueando o Texto, com João Silvério Trevisan, que também irá ministrar a 13.ª Oficina Virtual de Texto Literário, no Portal Sesc SP.Durante esta semana, sempre às 19 horas, a Cia. do feijão fará uma série de apresentações teatrais inspiradas nos textos dos autores participantes da programação do evento. O projeto foi aberto ontem, com o encontro de Nelson de Oliveira e Ignácio de Loyola Brandão, cronista do Estado e autor, entre outros, de Zero e O Homem que Odiava a Segunda-Feira. Marco Literário - Até 19 de março, no Sesc Consolação. Rua Dr. Vila Nova, 245. Telefone: (11) 3234-3000

Agencia Estado,

15 de março de 2005 | 15h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.