Semana de Moda do Japão faz aposta nas novas marcas

Este ano, um terço das propostas apresentadas no evento são elaboradas por novos estilistas

Efe,

10 de março de 2008 | 16h50

A Semana de Moda do Japão começou nesta segunda-feira, 10, com uma prévia das propostas dos estilistas mais famosos do Japão para as coleções de outono-inverno. Este ano, o evento fez uma grande aposta nas novas marcas e um terço das propostas apresentadas serão elaboradas por novos estilistas.  A abertura da Semana de Moda do Japão para novatos permitiu que jovens que estudaram nos últimos tempos nas escolas de moda da Europa participem do evento, o que destaca seu aspecto cosmopolita. Entre os estilistas que participarão deste evento estão as irmãs Hiroko e Junko Koshino, pioneiras nas incursões japonesas na Europa. Também desfilará durante a semana Jun Ashida, um dos nomes favoritos da Casa Imperial japonesa e que trabalhou durante dez anos como costureiro da imperatriz Michiko. No dia de estréia do evento teve destaque o desfile de Hiromi Yoshida, que para o outono-inverno preparou uma coleção sóbria, clássica, com linhas retas e cores que remetem ao outono. O público japonês recebeu com um caloroso aplauso o desfile de Yoshida, que contou com a presença de vários estrangeiros que se interessam pelas novas propostas japonesas.

Tudo o que sabemos sobre:
Semana de Moda do Japão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.