Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Sem talk-show na Record, Rafael Cortez estreia namoro na TV dia 9

Longe da tela desde Got Talent, quando estreou na Record, o ex-CQC Rafael Cortez já saiu do freezer, como brinca uma chamada produzida pela Record, para gravar seu novo programa na casa. Com formato da Fremantle, Me Leva Contigo é uma tradução livre de Take Me Out e segue o gênero de date show - vulgo namoro na TV. A estreia está marcada para o dia 9, sexta-feira, às 22h15. À coluna, Cortez contou que já gravou duas edições.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2014 | 02h09

"É uma delícia de fazer, o formato caiu bem pra mim", diz. A apresentação é livre, conta, sem microfone nas mãos, sem teleprompter e com chances de improvisar à vontade.

O programa reúne muitas mulheres e de quatro a seis homens solteiros "que valem a pena", diz Cortez. "O cenário dispõe de 30 púlpitos, 15 de um lado e 15 de outro. No meio, tem um elevador, por onde descem os homens, um em cada bloco. O único homem que não é interessante que desce pelo elevador sou eu."

Quando o candidato se apresenta, Cortez chama as garotas, que descem por uma escadaria, abre-se um telão e posicionam-se em frente a um púlpito com seu nome. Uma luz, diante de cada uma, indicará se ela está ou não interessada no candidato.

E já que Danilo Gentili e Rafinha Bastos hoje comandam talk-shows, um no SBT e outro na Band, que tal se ele reivindicasse também o seu à Record? "Eu brinco que o nosso poderia se chamar Agora é Tarde e The Noite", diz, em referência aos títulos dos programas dos ex-colegas de CQC. Mas a ideia não faz parte de seus planos. Nem dos da Record.

Estofo. Com 86 anos de vida e 72 de carreira, a sábia Laura Cardoso se submete às Provocações de Antônio Abujamra. "Nessa pressa de querer ser ator, de aparecer no vídeo, ter um carro, o sofá branco, o ator esquece que ele tem obrigação de ser culto, de ir à escola, de estudar a vida inteira", ela diz, sobre as novas gerações. No ar terça, na Cultura.

Foi antes da morte do dançarino DG, ou Douglas Rafael Pereira da Silva, que a Turma do Passinho, do Esquenta, percorreu alguns cartões postais do Brasil para gravar sua coreografia sob a clássica música de abertura do Fantástico. Em Foz do Iguaçu, a cena foi testemunhada por Paulo Saldaña, repórter do Estado.

Assim, a Turma do Passinho, do Esquenta, protagoniza um videoclipe com cenários brasileiros previsto para rechear o programa de amanhã, quando estreia o novo formato do Show da Vida. DG não participou das gravações.

Marcius Melhem participa do programa Rumo à Copa, da Globo, na noite desta segunda-feira, em edição que contará também com Leandro Hassum e Marcelo Adnet - este no papel de torcedor da Bósnia.

Cidade de Deus, filme de Fernando Meirelles, ainda bate um bolão. Na última semana, o longa deu ao Megapix a liderança na TV paga durante sua exibição. Do menu nacional, o canal também comemora o êxito de Gonzaga - De Pai Pra Filho, de Breno Silveira, que o levou à liderança entre os canais de filmes no dia 20, quando estreou.

Tudo o que sabemos sobre:
Cristina Padiglione

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.