Sem receitas simplórias

O Sol e Plutão em conjunção; a Lua míngua no signo de Virgem.

Oscar Quiroga, O Estado de S.Paulo

26 de dezembro de 2010 | 00h00

Os Emissários do Altíssimo de todas as épocas e manifestações em diversos centros de nossa humanidade sempre ressaltaram o poder da liberdade, que é o nome do jogo evolutivo para nós. O poder da liberdade é inerente à potência cosmogônica da criatividade que nós representamos, mas também é o motivo pelo qual existimos nos atormentando em dilemas tão difíceis de resolver que nos sentimos tentados a preguiçar sobre uma cama feita de certezas absurdas que, apesar de contrariadas, ainda assim continuamos sustentando pelo simples desejo de escapar de nossa árdua responsabilidade. Empreender a ação correta não é nem nunca será uma tarefa fácil. Quem quiser vender a você receitas simplórias, ou é ingênuo ou mal-intencionado.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Tome a iniciativa, mas cuide para que essa não deixe você numa posição em que seus adversários possam humilhar sua alma. Tomar a iniciativa não é o mesmo que se expor abertamente, isso pode ser feito discretamente também.

TOURO 21-4 a 20-5

Dê graças a tudo que acontecer ainda que à primeira vista contrarie seus planos. Há planos maiores e mais abrangentes do que os seus em particular e, talvez, seja necessário você fazer alguns ajustes e compensações.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Evitar o inevitável é um dos tantos exercícios complexos de nossa espécie humana. Dito assim, pareceria um vício, mas na prática é uma das mais claras demonstrações de que nossa virtude principal é o exercício da liberdade.

CÂNCER 21-6 a 21-7

É tentador desconfiar irracionalmente de tudo e de todos, essa atitude pareceria garantir maior segurança. Acontece apenas que a prática não confirma a teoria e, por isso, seria melhor deixá-la de lado quanto antes.

LEÃO 22-7 a 22-8

Ainda que não haja reações favoráveis, continue seguindo o impulso generoso do coração. Isso deve ser feito mesmo que os resultados não sejam os esperados. A ingratidão é certeza nos relacionamentos humanos.

VIRGEM 23-8 a 22-9

É possível distorcer tudo até que se pareça com o que você deseja. Isso dará certo ar de vitória, mas o tempo passará e a distorção vai tornar-se evidente. Aí o ar de vitória se transformará em derrota.

LIBRA 23-9 a 22-10

Suas necessidades pessoais devem ser supridas, tenha certeza disso. Porém, tenha certeza que as necessidades das pessoas próximas também precisam ser supridas e que os relacionamentos existem para isso.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

A desconfiança é inimiga da criatividade, já que evita ao máximo reconhecer que as coisas poderiam ser diferentes das pintadas pelo estado de desconfiança. A desconfiança é uma certeza, nunca deixa lugar a dúvidas.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Para sua vida ser completa e suprema você precisará reunir todas as suas derrotas e vitórias e atrever-se a ir além de todas elas, na direção de fazer tudo com mestria e sem deter-se para buscar recompensa por isso.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

A busca de prazer é mais do que legítima, é uma necessidade que clama por satisfação com a máxima urgência. Talvez não seja fácil, mas todo esforço nesse sentido valerá a pena e trará a satisfação.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Fazer com mestria tudo o que estiver ao seu alcance, é assim que você demonstrará sua superioridade. Com atos concretos e nada de palavras, assim transita por entre o céu e a Terra a alma livre e, por isso, superior.

PEIXES 20-2 a 20-3

Seria impossível orientar devidamente seus passos mimetizando-se nos relacionamentos e reproduzindo o que dá certo para outras pessoas. Sua alma deve encontrar a própria trilha, ainda que isso seja muito árduo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.