Sem Intervalo

Como em seriado, novela da Globo terá rodízio de atores

Keila Jimenez, O Estado de S.Paulo

13 de setembro de 2010 | 00h00

A novela Insensato Coração, próxima trama das 9 da Globo, promete dinâmica de seriado americano em relação ao elenco. O folhetim de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, que estreia em janeiro, adotará um grande rodízio de personagens, mantendo um elenco fixo enxuto para os moldes do horário, com apenas 35 atores. A novela será repleta de participações especiais, algumas que duram meses, outras, poucos capítulos. Guilherme Leme, por exemplo, que fará um dono de um escritório de design, ficará exatos 60 capítulos na trama. Hugo Carvana aparecerá em apenas 20 capítulos e José Wilker, em sete. Milton Gonçalvez entrará e sairá da novela algumas vezes. "Nos seriados americanos há personagens que entram para movimentar alguns episódios e depois saem. Às vezes até voltam muito depois", cita Linhares, que levou a ideia da dinâmica para o folhetim. A trama também não começará exibindo todo o seu leque de cartas, vai guardar alguns trunfos. Os primeiros capítulos contarão só com alguns personagens do elenco, os outros surgirão ao longo da história. Isabela Garcia e Cássio Gabus Mendes aparecerão no capítulo 30. Tarcísio Meira, só no capítulo 36. "Assim teremos sempre novidades", diz Linhares.

Momento pipoca

Gianni Albertoni e Dudu Azevedo em Muita Calma Nessa Hora, longa com roteiro de Bruno Mazzeo - o primeiro do moço em cinema - que estreia em novembro.

26 pontos

(1,46 milhão de lares) é a média de audiência do horário político vespertino na Grande São Paulo, somando os índices das emissoras abertas, segundo o Ibope

"Portugueses chamam uns aos outros de "Totó", mas não é por causa do Tony Ramos em Passione. "Totó" aqui é parvo, idiota." Aguinaldo Silva no Twitter

Em uma ação inédita, a Globo vendeu um pacotão de patrocínio envolvendo todos os seus programas com conteúdo educativo. A Editora Moderna passa a ser patrocinadora exclusiva de atrações como Globo Ciência, Globo Educação e Globo Universidade.

A ação deve originar novos negócios mais adiante, com parcerias entre a editora e a Globo para o lançamento de produtos.

O canal pago Liv põe no ar aqui no dia 20 de outubro, apenas um mês após a estreia da série nos Estados Unidos, a esperada Hawai 5.1.

Alguém pode explicar por que os participantes de Hipertensão, da Globo, aparecem pelados nas vinhetas de apresentação?

O Sarau, da GloboNews, terá uma edição especial, em outubro, com artistas renomados cantando os mais famosos jingles eleitorais.

Poder Paralelo vem impressionando em audiência no Rio de Janeiro. A trama da Record alcança médias na casa dos 17 pontos.

De camisola a casaco, os figurinos de Clara (Mariana Ximenes) na fase rica em Passione - não de Miss Xilindró - são líderes absolutos no ranking de pedidos da Central de Atendimento ao Telespectador (CAT), da Globo, em agosto.

O ranking da Globo traz também uma demanda curiosa: muita gente ligou para saber qual a cor de tinta da parede da mansão dos Gouveia na tramas das 9.

10 pontos a mais de audiência. Esse é o pulo que a Globo deu na semana passada do final do horário eleitoral noturno- com média na casa dos 27 de pontos - para o início de Passione, que chegou a dar 37 pontos. Record saltou de 6 pontos, do final do horário político, para 8 pontos com a programação, e SBT manteve a média de 4 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.