estadao.com.br
estadao.com.br

Sem chuva, Virada Cultural começa 'caliente'

Frente fria que estava sobre São Paulo deu trégua; veja a programação

Eduardo Roberto, estadao.com.br

15 de maio de 2010 | 18h13

 

SÃO PAULO - A Virada Cultural de 2010 começou um pouco mais "caliente". A frente fria que esteve sobre a cidade durante toda a semana deu trégua neste sábado, 15, o que deve animar ainda mais os ânimos de quem estiver em uma das mais de mil atrações espalhadas por toda São Paulo.

 

Veja também:

blog Siga a Virada Cultural pelo Twitter

especialSeleção de atrações para ver o que vale a pena

linkÔnibus e Metrô terão esquema especial

linkMetrô terá roteiro turístico durante a Virada

linkMelhores pastéis de feira estarão espalhados na Virada

linkVitórias e impasses no gigantismo da Virada

lista Programação completa no site oficial

 

A abertura deste ano ficou por conta dos cubanos do Buena Vista Social Clube. Na verdade a banda, imortalizada por Win Wenders em um documentário, atualmente conta com somente um membro da formação original, Barbarito Torres, mundialmente reconhecido como um dos melhores executores do alaúde cubano. Torres, que também participou do Afro Cuban All Star, esteve acompanhado do intérprete compatriota Ignacio Mazacote.

 

O local escolhido para dar o pontapé inicial no evento foi a Praça Júlio Prestes, com vista para o pôr-do-sol e para a Sala São Paulo. Apesar da imensa plateia, a noite começa sem nenhum incidente.

 

As mediações da praça Júlio Prestes também são tranquilas, dado um notável aumento do policiamento na região.

 

A disposição dos banheiros públicos é parca. No ano passado, não foi suficiente e muita sujeira ficou acumulada pelas ruas do centro. O show de Barbarito Torres, de Buena Vista Social Club, contou com a presença do prefeito Gilberto Kassab e do governador Alberto Goldman, que não falaram com a imprensa. Ambos estarão circulando pelo centro de São Paulo durante a madrugada. 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Virada Cultural

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.