Sem brasileiros, Montreux terá Collins, Hancock e Mehldau

Depois de décadas sendo o principal palco de artistas brasileiros na Europa, o Festival de Jazz de Montreux parece ter fechado suas portas aos cantores do Brasil. Pelo segundo ano consecutivo, Montreux não terá um só músico brasileiro em seus míticos palcos. A assessoria de imprensa evita dar explicações. Mas um dos porta-vozes não esconde: "Não há como ter todos os anos Gilberto Gil no palco." Neste ano, o festival ocorre entre 1.º e 15 de julho. No programa, Phil Collins (foto)mostrará pela primeira vez seu novo álbum. E mais: Herbie Hancock, Quincy Jones e Brad Mehldau, Billy Idol, Norah Jones, Buddy Guy e Paco de Lucia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.