Seleção da semana

PHILIP GLASS EM TOM INTIMISTA

, O Estado de S.Paulo

11 de setembro de 2011 | 00h00

Depois de passar por Olinda e Recife, o compositor norte-americano Philip Glass chega terça a São Paulo para mais dois concertos de sua turnê brasileira, agora pela Sociedade de Cultua Artística. Da última vez que esteve no Brasil, em 2010, participou de uma instalação do artista plástico Carlito Carvalhosa. Desta vez, avisa que o formato é outro. Estará no palco ao lado do violinista Tim Fain em um programa que terá peças solos para os dois instrumentos e algumas parcerias. "Estes recitais têm um caráter mais intimista, em que o contato com o público é muito importante. A maior parte das peças é nova e estou interessado em mostrar uma outra perspectiva para meu trabalho", disse o ele ao Estado antes de embarcar para o País.

Aos 74 anos, Glass, precursor da escola minimalista na música, é um dos casos raros de compositores eruditos cuja fama extravasa o universo das salas de concerto. Talvez porque sua obra seja um caleidoscópio, que dialoga com diversas influências. Assinou parcerias com artistas plásticos, escreveu bastante para cinema, tem obras inspiradas em clássicos da literatura, escreveu óperas, flertou com a dança. "A diversidade na forma é parte intrínseca do que sou e não sei se há diferenças entre o Philip Glass que escreve um estudo para o piano e aquele que se dedica a uma sinfonia. Eu trabalho muito, não paro de escrever, não tiro férias ou longas folgas. E, talvez por isso, a variedade seja uma maneira de eu não me repetir, de encontrar sempre o frescor", explica ele. "Desde o início de minha vida profissional, penso na relação que a música pode desenvolver com outras manifestações. E quanto mais eu conheço e estudo, mais fica claro que posso me transformar sempre a toda instante, me inspirando em diversas fontes e me reinventando também por meio de parcerias, de outros artistas que nos ensinam muito." / JOÃO LUIZ SAMPAIO

PHILIP GLASS

Quando: Terça e quarta-feira, às 21 h.

Onde: Sala São Paulo. Praça Júlio Prestes, 16, telefone 3258-3344.

Quanto: R$ 110/R$ 310.

INDIE 2011, O MELHOR

Muita gente não se conformou, em Berlim, porque O Cavalo de Turim (foto), de Béla Tarr, não recebeu o Urso de Ouro, em fevereiro. O próprio autor húngaro se decepcionou, mas ele jurou que sua decisão de abandonar o cinema não teve nada a ver com isso. O Cavalo de Turim é a grande atração do Indie 2011 - Mostra de Cinema Mundial, que começa na sexta-feira. Como se não bastasse a obra-prima de Tarr, o evento anuncia a retrospectiva de Claire Denis. Cinéfilo que se preze já deve estar em êxtase. / LUIZ CARLOS MERTEN

INDIE 2011 - MOSTRA DE CINEMA MUNDIAL

Quando: De 16 a 29/9.

Onde: Cinesesc (Rua Augusta, 2.075, tel. 3087-0500. Cine Olido (Avenida São João, 473, tel. 3331-8399.

Quanto: Grátis.

UMA FEIRA DE FOTO

A 5.ª edição da feira SP-Arte/Foto exibe e coloca à venda destaques da fotografia brasileira e estrangeira, como do espanhol José Manuel Ballester (foto). O evento, com participação de 26 galerias, promove debates e lançamentos de livros. / CAMILA MOLINA

SP-ARTE/ FOTO 2011

Quando: 5ª e 6ª, 16h/ 22h; sáb. e dom. (18), 14h/ 20h.

Onde: Shopping Iguatemi. Av. Brig. Faria Lima, 2.232 - www.sp-arte.com/foto.

Quanto: Grátis.

HITS COM CICATRIZES

Estrelas do primeiro escalão, como Justin Bieber, Katy Perry, Ke$ha e Kanye West todos vem ao País neste semestre. A caribenha Rihanna, presença constante no top 10 da Billboard, também marca presença com seu pop abrangente, que embala a pista tanto quanto fala com precisão sobre temas delicados, como violência doméstica (de qual já foi vítima). Vide Man Down e Love the Way You Lie, catártica parceria com Eminem. / ROBERTO NASCIMENTO

RIHANNA

Quando: Sábado, às 21h30.

Onde: Arena Anhembi. Avenida Olavo Fontoura, 1.209 - www.zetks.com.

Quanto: R$ 300/R$ 600.

UM MUNDO MÁGICO

A trupe do Cirque du Soleil está de volta agora com o espetáculo Varekai, que será apresentado, a partir de quinta, no Parque Villa-Lobos. Dirigido por Dominic Champagne, traz uma nova versão para a história de Ícaro. / ELIANA SILVA DE SOUZA

VAREKAI

Quando: de 15/9 a 27/11.

Onde: Parque Villa-Lobos. Avenida Queirós Filho, s/nº, telefone 4003-6464.

Quanto: R$ 140/ R$ 395.

A ÓPERA DE BROOK

Um dos maiores nomes do teatro universal, Peter Brook mostra no Brasil Uma Flauta Mágica, versão da ópera de Mozart. Como já fez em outras situações, o diretor pauta-se pela simplicidade e despojamento. / MARIA EUGÊNIA DE MENEZES

UMA FLAUTA MÁGICA

Quando: Quarta a sábado, às 21 h.

Onde: Sesc Pinheiros. Teatro Paulo Autran. Rua Paes Leme, 195, tel. 3095-9400.

Quanto: R$ 32.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.