Seleção da Semana

CILDO MEIRELES - RIO OIR

, O Estado de S.Paulo

14 de agosto de 2011 | 00h00

Quando: De 21/8 a 2/10; 3ª a 6ª, 9 h/20 h; sáb. e dom., 11 h/20 h. Inauguração no sábado. Onde: Itaú Cultural. Av. Paulista, 149. Quanto: Grátis.

EXPEDIÇÃO PELAS ÁGUAS

Em 1976, o artista Cildo Meireles fez as primeiras anotações do que seria, agora, uma de suas mais novas obras, rio oir, que ele exibe a partir de sábado no Itaú Cultural. Sons das águas coletados em quatro localidades brasileiras - em estação ecológica na região de Brasília; nas cachoeiras de Foz do Iguaçu, no Paraná; na foz do São Francisco, no Nordeste; e na pororoca do Rio Araguari, no Amapá - são o material principal desse trabalho poético e político de Cildo, curiosamente, condensado em um long play (LP). O visitante vai percorrer o espaço expositivo tomado por sons e imagens realizadas nessa expedição pelas águas entre 2009 e 2011 - ter, assim, a oportunidade de se embrenhar por uma experiência sensorial, de um "rio virtual", como define o artista.

A obra rio oir é apresentada pelo Itaú Cultural como parte do projeto Ocupação, da instituição, mostra que, desta vez, tem curadoria de Guilherme Wisnik. O título do trabalho de Cildo Meireles remete a jogos de palavras com os elementos desse trabalho. De um lado do disco - executado no espaço expositivo por meio de uma vitrola - estão os sons de águas brasileiras e de outro, os de risadas gravadas. Sendo assim, "oir", em espanhol, significa ouvir, mas, ao mesmo tempo, é o anagrama de "rio", palavra colocada em sentido duplo. Mais ainda, a obra retoma a linha de projetos sonoros do artista criados, principalmente, na década de 1970, quando ele fez os discos Mebs/Caraxia (1970) e o Sal Sem Carne (1975) e, mais recentemente, uma instalação de impacto, como Babel, de 2001.

Vale ainda dizer que no campo das artes visuais o Centro Cultural Banco do Brasil (Rua Álvares Penteado, 112) inaugura no sábado, às 15 horas, a mostra Mariko Mori - Oneness, individual da famosa artista japonesa. Entre os destaques da exposição está a estranha obra Wave Ufo, uma espécie de nave interativa. / CAMILA MOLINA

UM SONHO DE AMOR

Direção: Luca Guadagnino (Itália/ 2009, 120 minutos). Elenco: Tilda Swinton, Flavio Parenti, Edoardo Gabbriellini. Estreia prevista para sexta.

TILDA FAZ A DIFERENÇA

Tilda Swinton ganhou seu primeiro grande prêmio na Itália. Foi a Taça Volpi de melhor atriz, em Veneza, por Edward II, de Derek Jarman, no começo dos anos 1990. Depois virou estrela de Hollywood - ganhou o Oscar de coadjuvante por Conduta de Risco - , mas permaneceu ligada à Itália e à produção mais independente. Tilda é a própria alma de Um Sonho de Amor, do italiano Luca Guadagnino. Uma mulher madura apaixona-se por um jovem. Tilda pode não ser exatamente bela, mas sabe ser intensa. / LUIZ CARLOS MERTEN

FILARMÔNICA DE MINAS GERAIS

Quando: Quinta, às 21 h. Onde: Teatro Municipal. Praça Ramos de Azevedo, s/nº, tel. 3397-0327. Quanto: R$ 15/ R$ 50.

MINEIROS NO MUNICIPAL

Após anunciar a construção de uma nova sala em Belo Horizonte, a Filarmônica de Minas Gerais faz na quinta sua estreia no Teatro Municipal, Com regência de Fábio Mechetti e solos do pianista Pascal Rogé, toca Saint-Saëns e Ravel./ JOÃO LUIZ SAMPAIO

SESI BONECOS DO MUNDO

Quando: Quarta a sexta, 19 h e 21 h (Sesi. Av. Paulista, 1.313); dias 20 e 21, 16h30 (Pq. do Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº). Quanto: Grátis.

INVASÃO DE BONECOS

O espetáculo O Teatrinho de Dom Cristovão (foto), do grupo XPTO, é um dos destaques do festival de teatro de animação Bonecos do Mundo, que começa dia 17, no Sesi, e terá apresentações no fim de semana, em quatro palcos, no Parque do Ibirapuera. Além das diversas trupes nacionais e internacionais, haverá exposição em homenagem aos 40 anos do grupo mineiro Giramundo. E ainda oficinas e desfiles. / ELIANA SILVA DE SOUZA

ROMULO FRÓES

Quando: Quarta (17), às 23 horas.

Onde: Studio SP (R. Augusta, 591, tel. 3129-7040). Quanto: Grátis.

LABIRINTOS DE FRÓES

Seguindo com a divulgação de Um Labirinto Em Cada Pé, o compositor, cantor e violonista Romulo Fróes mostra seu novo disco no Studio SP. Um dos melhores CDs do ano com um time de primeira, letras e músicas estupendas. / LUCAS NOBILE

DENISE STOKLOS

Quando: De 19/8 a 18/9. Onde: Sesc Consolação/ Teatro Anchieta. Rua Dr. Vila Nova, 245, telefone 3234-3000. Quanto: R$ 8 a R$ 32.

ELA ESTÁ DE VOLTA

Depois de mais de seis anos sem apresentar uma nova criação, a atriz e diretora Denise Stoklos estreia Preferiria Não?. O clássico de Herman Melville, Bartleby, o Escriturário, é o ponto de partida para o espetáculo. / MARIA EUGÊNIA DE MENEZES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.