Seleção da semana

MOSTRA PRATA DA CASA

, O Estado de S.Paulo

30 de janeiro de 2011 | 00h00

Quando: De 3 a 5/2 e de 10 a 12/2, 22 horas.

Onde: Choperia do Sesc Pompeia. Rua Clélia, 93, 3871-7700. Quanto: R$ 12, R$ 6 e R$ 3.

CARNAVAL DUB COM GUITARRA

Quem perdeu tem mais uma oportunidade de conhecer uma potente fusão de frevo futurista à base de guitarra baiana com o dub jamaicano dos sound systems. O Baiana System, um dos expoentes mais expressivos da nova música de Salvador, fez um show bombástico no final de 2010 no Prata da Casa (Sesc Pompeia), e volta na mostra do projeto, entre as melhores atrações do último semestre. Liderado pelo guitarrista Robertinho Barreto (ex-Lampirônicos), o grupo se apresenta na sexta-feira e divide a noite com a rapper paulistana Lurdez da Luz. Além de Robertinho, e o vitaminado baixo de Marcelo Seco, a banda tem outras feras, como o vocalista Russo Passopusso e o paraibano Chico Corrêa (que comanda a programação eletrônica) que andam fazendo barulho em projetos dançantes pelo Nordeste. Revitalizando a guitarra baiana dos primórdios de Dodô e Osmar, Robertinho promove ao vivo uma festa dub carnavalesca, com potência de som digna de trio elétrico. No CD de estreia, que leva apenas o nome da banda, há participações de figuras pontuais da música baiana, como Gerônimo, Roberto Mendes e Lucas Santtana. Vale a pena conferir - e dançar. Quem abre a programação da mostra na quinta-feira é o cantor paulistano Thiago Petit, seguido da dupla carioca Letuce, formada por Lucas Vasconcellos e Letícia Novaes. No sábado, a combinação também é das mais atraentes: a cantora e compositora paulistana Juliana Khel e o cantor gaúcho Filipe Catto. A pernambucana Lulina fez uma apresentação marcante no Prata da Casa com as ótimas canções de seu álbum Cristalina, de 2009. Ela canta na próxima semana, na quinta, e divide a noite com Dudu Tsuda. A surpreendente banda acreana de pop-rock instrumental Caldo de Piaba é atração do dia 11, em que também toca o guitarrista e cantor Duani. Encerram a mostra no dia 12 a cantora de samba fluminense Dhi Ribeiro e o músico carioca qinhO. / LAURO LISBOA GARCIA

ELBA RAMALHO

Quando: Quinta a sábado, às 21 h; domingo (6), às 18 h. Onde: Sesc Vila Mariana. Rua Pelotas, 141, telefone 5080-3000. Quanto: R$ 40.

A DIVA DO AGRESTE

Em 1978, Chico Buarque defendia o sotaque nordestino da jovem Elba Ramalho na montagem da sua Ópera do Malandro, no Teatro Ginástico, no Rio. Havia quem achasse que o estilo agreste de Elba não combinava bem com um musical sobre a malandragem carioca. "Mas ele queria mesmo é que eu cantasse rasgado, gritado." Lá se vão 33 anos, e o canto rasgado da ex-pastora agora é parte do DNA da MPB. "Tenho orgulho de poder entender Tom Jobim e Jackson do Pandeiro; eu me reflito em muitos espelhos." / JOTABÊ MEDEIROS

MÔNICA NADOR

Quando: A partir de 2/2. Onde: Pavilhão das Culturas Brasileiras, Parque Ibirapuera. Portão 10, tel. 5083-0199. Quanto: Grátis.

JAMAC NO IBIRAPUERA

A artista Mônica Nador vai transformar o Pavilhão das Culturas Brasileiras no Ibirapuera num grande ateliê aberto, baseando-se em sua experiência com o projeto Jardim Miriam Arte Clube (Jamac), realizado na periferia da cidade. / CAMILA MOLINA

CISNE NEGRO

Direção: Darren Aronofsky. Elenco: Natalie Portman, Mila Kunis, Winona Ryder, Vincent Cassel. Estreia prevista para sexta.

NA DANÇA DO OSCAR

O universo da dança é o ambiente para mais um concorrente ao Oscar, que estreia na sexta - Cisne Negro, de Darren Aronofsky, com a estrela cult Natalie Portman no papel principal. Ela é a bailarina que disputa o papel de protagonista do bailado que dá título ao filme, sob a direção de um tirânico Vincent Cassel. Muita gente aposta em Natalie para o Oscar de melhor atriz, no qual compete com a forte Annette Benning, de Minhas Mães e Meu Pai. Ela vai ter de ralar muito para levar a estatueta. / LUIZ ZANIN ORICCHIO

DECIFRA-TE OU ME DEVORA

Quando: Sábado, às 21 h; domingo, às 19 h.

Onde: Miniteatro. Praça Roosevelt, 108, telefone 2865-5955. Quanto: R$ 30.

O ETERNO MISTÉRIO

Elias Andreatto dirige Decifra-te ou Me Devora, com Helô Cintra e João Paulo Lorenzon no elenco. Juntos, atores e diretor conceberam o texto, que trata do desejo de desvendar todos os segredos do ser amado. / MARIA EUGÊNIA DE MENEZES

MUNICIPOPS

Quando: Quarta e quinta, às 20 h. Onde: Galeria Olido. Avenida São João, 473, Centro, tel. 3397-0171. Quanto: Grátis.

POP OU ERUDITO?

A Sinfônica Municipal dá continuidade à série Municipops, com concertos de obras clássicas célebres (regência de Nelson Wong, no dia 2) e outros que transitam pelo erudito e o popular (regência de Erika Hindrikson, no dia 3). / JOÃO SAMPAIO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.