Seleção da Semana

JON CLEARY - BOURBON STREET FEST

, O Estado de S.Paulo

15 de agosto de 2010 | 00h00

Quando: Terça, às 22h. Onde: Bourbon Street

Music Club. Rua dos Chanés, 127, telefone 5095-6100. Quanto: R$ 55.

PODEM VER CLEARY AGORA

Apesar de ser inglês de Kent, o pianista e cantor Jon Cleary tornou-se nas duas últimas décadas uma das reservas de talento e suingue do Sul americano. Raras performances são tão explosivas que possam triturar do blues ao funk e até ao zydeco, Cleary tocam nesta terça no Bourbon Street (foi o homem escalado para abrir ontem a 8.ª edição do Bourbon Street Fest, no Parque do Ibirapuera). "Seu combo total de R&B é tão caudaloso, fundo e corrediço quanto o Rio Mississippi, combinado produto da tradição local do teclado. Seu vocal e suas composições transitam da cadência do soul dos anos 70 ao funk frenético dos Meters", escreveu David Fricke na revista Rolling Stone em 2004, após ouvir um álbum do homem, que ele chamou de "monstro absoluto de si mesmo".

Jon Cleary tem uma folha corrida espantosa: já trabalhou com artistas como Bonnie Raitt, D"Angelo, Maria Muldaur, Taj Mahal e Eric "God" Clapton em pessoa, além de bluesmen como Smokey Johnson, James Singleton e George Porter. Solo, lota o House of Blues de New Orleans sem problemas.

Durante a semana, no palco do Bourbon Street, em Moema, alternam-se essas atrações pouco comuns em terras tropicais. A estrela do trombonista Trombone Shorty, de 24 anos, talvez o mais "hypado" pela mídia especializada, toca na sexta, ao lado de sua banda Orleans Avenue. Mas tem mais. A sanfona do zydeco de Terrence Simien, já velha conhecida dos paulistanos, está de volta. Tricia Boutté, sobrinha de John Boutté (cantor raro em qualquer escola do mundo), que já acompanhou Aretha Franklin nos vocais de apoio, estreia na cidade. Outros artistas escalados: Shamarr Allen & the Underdawgs, o saxofonista Gary Brown, o guitarrista e cantor Vasti Jackson, o pianista de boogie woogie Bob Jackson e a Orleans Street Jazz Band. / JOTABÊ MEDEIROS

PROJETO COISA FINA

Quando: Amanhã, às 21h. Onde: Teatro da Vila. Rua Jericó, 256, Vila Madalena, tel. 7838-0182.

Quanto: Pague quanto vale

SANTO MOACIR SANTOS

No último dia 6 fez quatro anos da morte do genial compositor Moacir Santos. Reverenciado nos EUA, onde viveu por quase 40 anos, depois dos antológicos Ouro Negro e Choros e Alegria - capitaneados por Mario Adnet e Zé Nogueira -, Moacir volta a ter sua obra enaltecida. O resgate atual foi feito pela competente Projeto Coisa Fina, uma das dez big bands do coletivo Movimento Elefantes. O grupo mostra amanhã temas como Maracatucutê e Bluishmen, gravados em Homenagem ao Maestro Moacir Santos. / LUCAS NOBILE

FRED SANDBACK

Quando: 17/8 a 24/10. Onde: Centro Universitário Maria Antonia. R. Maria Antonia, 242, 3255-2009; e IMS. R. Piauí, 844, 3825-2560. Quanto: Grátis.

ESPAÇOS E LINHAS

O americano Fred Sandback (1943-2003) escalou fios de lã acrílica como material de excelência para compor sua obra de tensão entre geometria e espaço. É o que se vê em sua primeira mostra no Brasil, agora, também em São Paulo. / CAMILA MOLINA

SEMPRE UM PAPO

Quando: Quinta, às 19h. Onde: Sesc Vila Mariana. Auditório. Rua Pelotas 141, telefone 5080-3000. Quanto: Grátis.

O BOM NARRADOR

Observador atento, o médico e escritor Drauzio Varella é um colecionador de histórias, tristes e alegres. E, filtradas as que não pode tornar públicas por respeito profissional, ele sempre as transformou em textos diretos, isentos de adjetivos mas carregados de ternura. É o que se poderá observar na sessão deste mês do ciclo Sempre um Papo, que o recebe na noite de quinta-feira, no Sesc Vila Mariana, com entrada franca. / UBIRATAN BRASIL

A ODISSEIA DE ARLEQUINO

Quando: sábado e domingo, às 17h40 - até 29/8. Onde: Teatro Folha. Av. Higienópolis, 618, 3823-2323. Quanto: R$ 30.

ELES VOLTARAM!

Depois de várias temporadas em cartaz, com sucesso de público e crítica, está de volta o premiadíssimo espetáculo A Odisseia de Arlequino, que celebra a Commedia Dell"Arte. Levou troféus APCA e Femsa. Merecidamente. / DIB CARNEIRO NETO

CIA. LIVRE - 10 ANOS

Quando: de 20/8 a 26/9. Onde: Tusp. Rua Maria Antônia, 294, Consolação, telefone 3255-1782. Quanto: Grátis.

PAJELANÇA FESTIVA

A cia. Livre comemora dez anos. Em mostra, o grupo da diretora Cibele Forjaz revisita alguns de seus melhores momentos, como as montagens de Um Bonde Chamado Desejo e VemVai - O Caminho dos Mortos. / MARIA EUGÊNIA DE MENEZES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.